Em toda virada de semestre ou ano letivo, muitas instituições de ensino privado enfrentam alguns desafios em comum: como garantir a continuidade dos cursos já existentes? Como incluir novos cursos, com quórum de matrículas suficiente para que sejam economicamente viáveis? Como, então, fechar novas turmas? O que fazer para atrair mais alunos na graduação ou na pós-graduação?

Após anos de um verdadeiro boom na educação, com um grande número de instituições de ensino surgindo e dividindo um mercado até então generoso, no que dizia respeito a volume e procura, a realidade não é mais tão favorável. Nesse caminho, muitas instituições fecharam suas portas.

A concorrência cada vez mais forte, diametralmente oposta à redução de investimentos públicos, por exemplo, vem exigindo muito mais das IEs que buscam ser sustentáveis, competitivas, e ainda ter fôlego para crescer.

Diante desse cenário, investir em marketing educacional tornou-se premissa obrigatória. Com um bom trabalho em marketing educacional, sua IE descobre como atrair mais alunos, sejam eles de graduação ou de pós-graduação.

Mas para que qualquer estratégia de marketing educacional funcione, antes de mais nada, é preciso conhecer quem são esses alunos.

Conheça seu público

Sua IE precisa conhecer mais a fundo as características, expectativas e necessidades dos alunos, para poder se comunicar com eles de forma muito mais assertiva, com o objetivo maior de atraí-los para seus cursos de graduação ou pós-graduação.

Para isso, além de fazer um estudo de personas, que basicamente é definir “personagens” com características reais, que sejam ideias para sua IE atrair, e para quem você deverá direcionar seus esforços de comunicação e marketing, também é muito importante contar com sistemas que funcionam como verdadeiros bancos de dados.

Esses sistemas coletam informações de alto valor sobre os estudantes, ajudando na tarefa de mapear, além dos dados pessoais básicos de contato, seus interesses e objetivos acadêmicos.

Um exemplo de sistema desse tipo é o Mettzer, uma ferramenta que coleta e disponibiliza dados sobre estudantes de graduação e pós-graduação. Com o uso estratégico e orientado, o Mettzer apoia instituições de ensino a atraírem mais alunos.  

Reveja seu discurso

Muitas instituições de ensino fundamentam seus discursos em características institucionais que, muitas vezes, não dizem muita coisa ao seu público de interesse.

Uma boa estratégia de marketing educacional para atrair mais alunos na graduação e na pós-graduação precisa ir além disso. Tudo bem falar sobre o seu corpo docente, sua estrutura, método de ensino ou, então, sobre descontos e mensalidades acessíveis. Porém, é preciso focar suas campanhas principalmente em resultados, ou seja, no valor que sua IE é capaz de entregar a um aluno que a contrata.

Lembre-se: uma escolha dessas é de extrema relevância na vida de um estudante, sem falar do impacto que causa em seu universo familiar. Por isso, um aluno – e pessoas próximas com poder de influência, como os pais desse aluno – precisam de informações relevantes, objetivas, que transmitam a devida segurança para a tomada de decisão.

Que tal focar um pouco mais o seu discurso em resultados efetivos? O seu material institucional pode conter, por exemplo, informações como:

  • 58% das empresas de tecnologia entrevistas citaram a (nome da sua IE) como um diferencial na formação do profissional que buscam no mercado;
  • Ou então: 67% dos nossos formandos em Engenharia são inseridos no mercado de trabalho nos primeiros 6 meses após a graduação na (nome da sua IE);
  • Ou ainda: Você sabia que 53% dos alunos que concluíram nossa especialização em Marketing Digital conquistaram um trabalho ou foram promovidos em menos de 1 ano?

Essa revisão no discurso refletirá num maior equilíbrio entre as visões acadêmica e empresarial que toda IE que busca ser competitiva precisa ter. Com isso, as possibilidades de atrair mais alunos na graduação e na pós-graduação aumentam significativamente.

Priorize boas práticas em marketing educacional

Nós da Ensino Privado sempre falamos sobre a necessidade de uma IE ter planejamento estratégico para ações efetivas de marketing educacional. Existe uma série de boas práticas em marketing educacional que precisam ser realizadas continuamente, na busca por atrair alunos de graduação ou pós-graduação. Dentre elas, destacamos aqui:

 

  • O foco em monitoramento e métricas de sucesso, tais como ROI e taxa de satisfação dos alunos, pois só assim você conseguirá mensurar o sucesso ou a necessidade de adequação em suas ações;
  • O posicionamento (branding) da sua IE, tanto em mídias próprias (site, blog…) quanto nas redes sociais, de forma que estimule engajamento;
  • Promover o constante alinhamento (que deve estar previsto, inclusive, no fluxo de trabalho de sua IE) entre os times de marketing e de vendas. Assim, as ações e trocas de informações e necessidades entre um time e outro permitirão resultados muito mais rápidos na atração de alunos na graduação ou pós-graduação.

Consultoria em marketing educacional não é luxo, é necessidade

Realizar um trabalho em marketing educacional com excelência, focado em resultados, não é, nem de longe, tarefa das mais simples. Por isso, contar com uma consultoria especializada no assunto não é luxo, é necessidade.

Existe uma série de agências de marketing no mercado, atuando desde em projetos para a indústria automobilística, até em apoiar a padaria da esquina a vender mais pãezinhos. Porém, o marketing voltado à educação e às instituições de ensino possui uma série de particularidades, que exigem aprofundamento e expertise próprios no segmento.

A Ensino Privado oferece essa consultoria especializada em marketing educacional, com planejamento e ações focadas em resultados. Deixe que a gente te ajude a atrair mais alunos em seus cursos de graduação e pós-graduação. Converse conosco!