O que é abnt: 7 curiosidades e dicas sobre as Normas

Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 4 minutos

 

Não sei quem teve a infeliz ideia de inventar essa tal de ABNT”;

“Nossa, só de falar em ABNT já tenho pavor!”;

“Ah, eu tinha feito todo o trabalho, só faltou formatar conforme a ABNT. Aí o professor baixou minha nota.”

Essas são apenas algumas das frases bastante comuns, ouvidas nos corredores das faculdades, durante conversas sobre a ABNT e suas normas.

O que muitos não sabem é que a ABNT não surgiu do desejo de alguém que um dia acordou e decidiu aporrinhar para sempre a vida de quem está na vida acadêmica. Existe uma série de fatos e curiosidades que envolvem a criação e consolidação dessas normas.

Neste post, reunimos o que é a ABNT e algumas curiosidades sobre as normas.

1 – O que á abnt?

A ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) foi fundada no Brasil há quase 77 anos, em 28 de setembro de 1940.

Criada como uma entidade sem fins lucrativos, a ABNT, apesar de ser um órgão nacional, é reconhecida internacionalmente. A Associação é membro da COPANT (Comissão Panamericana de Normas Técnicas) e da AMN (Associação Mercosul de Normalização).

Você pode até pensar em como gostaria de ter feito seu TCC antes de 1940, mas saiba que normas descritivas para padronização existem há muito tempo na humanidade.

2 – Na verdade, as normas descritivas existem há séculos

Historiadores e estudiosos no assunto dizem que o homem começou a registrar métodos de forma descritiva lá no antigo Egito, há cerca de 4500 anos, quando dos estudos da medicina.

Há também os que atribuem aos gregos o início do método científico, enquanto um outro grupo reconhece Francis Bacon e René Descartes, no século XVII, como os pioneiros em normas e métodos descritivos, do jeito que os conhecemos hoje. 

Então, não pense que regras e normatizações surgiram do dia para noite como um jeito do homem moderno burocratizar a pesquisa científica e estudos, e complicar a vida de todo mundo. Muito pelo contrário, as normas têm a importante função de descomplicar os trabalhos no universo da ciência.

3 – Criadas para facilitar, não complicar

Esse é um ponto a ser compreendido que é fundamental para vencermos a resistência à ABNT e entendermos, de uma vez por todas, a sua importância.

Imagine se cada estudante no meio acadêmico resolvesse entregar um trabalho do jeito que bem entendesse? Imagine que toda vez que um aluno fizesse um TCC ou  iniciasse uma pesquisa científica, não existisse qualquer direcionamento técnico e prático que norteasse seu trabalho?

Agora pense sobre como seria possível estabelecer critérios de avaliação para esses trabalhos?

Com as regras da ABNT, desburocratiza-se processos a partir de normas estabelecidas, que diminuem o retrabalho e a margem de erro entre diferentes trabalhos. Dessa forma, ganha-se em estrutura, ordenação e, principalmente, nos resultados de trabalhos científicos.

4 – Como uma empresa, a ABNT tem missão, visão e valores

Mais uma curiosidade: a Associação Brasileira de Normas Técnicas, por mais estranho que possa parecer, é organizada como uma empresa. Oficialmente, não tem fins lucrativos. Porém, como toda boa empresa, possui missão, visão e valores bem definidos.

Por exemplo, a missão da ABNT é :

Prover a sociedade brasileira de conhecimento sistematizado, por meio de documentos normativos, que permita a produção, a comercialização e o uso de bens e serviços de forma competitiva e sustentável nos mercados interno e externo, contribuindo para o desenvolvimento científico e tecnológico, proteção do meio ambiente e defesa do consumidor”.

A visão e os valores da empresa ABNT podem ser conferidos em seu site oficial.

5 – Muito além de regras para trabalhos acadêmicos

A existência das normas ABNT e sua importância são reconhecidas imediatamente no meio acadêmico. Porém, você sabia que a ABNT não trata somente de regras para TCC, artigos, pesquisas científicas etc.?

Suas normas são fundamentais para diferentes áreas, como comércio e indústria, e também para as relações internacionais estabelecidas entre governos.

A ABNT representa o Brasil na ISO (International Organization for Standardization), e atua para garantir que parâmetros de produtos e serviços sigam as regras necessárias, por exemplo, para importação e exportação.

6 – ABNT e crescimento econômico. Essa relação existe!

As normas ABNT são aplicáveis em empresas de diferentes portes e especialidades, que investem em melhoria contínua de processos e se preocupam com a qualidade do que oferecem.

A utilização das normas diminui consideravelmente as chances de erros em produção e tornam qualquer empresa mais competitiva, com mais chances de permanência no mercado.

Com mais empresas sólidas no mercado, aumenta-se produção, empregos, consumo… assim, a roda da economia gira!

7 – Havia um monstro, até que chegou a Mettzer

Uma última curiosidade sobre a ABNT: este “monstro” que sempre atormentou estudantes em fim de semestre de entrega de TCC foi derrotado por uma ferramenta online que faz todo o trabalho de formatação, conforme manda a Associação, de modo automático.

A vida acadêmica pode ser dividida em A.M e D.M – antes do Mettzer e depois do Mettzer.

Com ele, as normas ABNT deixaram de ser uma preocupação. O Mettzer faz isso por você e te deixa com muito mais tempo para focar suas energias em leituras, pesquisas, orientação e redação.  

Resumo
Artigo
O que é abnt: 7 curiosidades e dicas sobre as Normas
Descrição
Descobrimos detalhes que pouca gente sabia e sobre o que é a ABNT. e que ela não serve apenas para atrapalhar a vida dos estudantes. :-)
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.