Orientador de TCC ou Monografia: conheça sua função e escolha certo

|
Tempo médio de leitura: 5 minutos
()

Existem ainda muitas dúvidas sobre a função do orientador de tcc.

Alunos e professores se confundem, em grande parte porque a cultura dentro da universidade propaga essa confusão.

Quer entender um pouco mais sobre as funções do orientador de TCC e entender como deve se organizar a relação entre ele e o aluno?

Então vamos lá.

Os trabalhos do orientador de TCC

Existem três diferentes funções do orientador.

A primeira e talvez mais importante é a de supervisor do trabalho.

Isso quer dizer ficar de olho no trabalho do aluno, sim, mas vai muito além de uma análise distante do que está sendo produzida.

Em geral, o termo supervisor quer dizer alguém que, através da própria experiência com um assunto, fica de olho na produção e interfere quando necessário para que as coisas caminhem na direção certa.

Ou seja, é muito mais do que um observador.

Esse é um erro comum dos orientadores: acreditar que devem interferir o mínimo possível.

Na verdade, é sua obrigação direcionar o aluno que não possui a mesma experiência.

Para isso, conversar e manter a comunicação aberta é importante, mas o essencial é estar sempre disponível e arranjar tempo para o projeto.

Outra obrigação do orientador é ser um burocrata.

Essa parte chata muitas vezes é jogada nas mãos do aluno, que não tem conhecimentos sobre o funcionamento da burocracia da universidade.

O orientador deve guiar o aluno através dos documentos e processos necessários para o TCC acontecer.

E por fim, o trabalho do orientador é ser um pesquisador.

Claro que o trabalho não pode ser ativo e o papel do professor não é de ser coautor do TCC, mas dar insights e ajudar a compreender como obter dados e interpretá-los é parte da orientação.

Para reforçar a importância do trabalho de pesquisa, é importante lembrar que o aluno não tem o mesmo tipo de experiência com o mundo acadêmico que o orientador apresenta, e portanto precisa de auxílio na hora do TCC.

Mas como isso influencia o planejamento

É importante que o orientador se mostre disponível e disposto a ajudar nessa fase, ou o aluno pode ter problemas desde o primeiro momento e evitar procurar o professor para conseguir orientação sobre o TCC.

Em geral, é de praxe que o aluno procure o professor para marcar a primeira reunião, mas ali devem ser estabelecidos os parâmetros de como a comunicação vai acontecer.

Por exemplo: reuniões semanais são comuns. Cada orientador pode ter seu próprio método para isso, mas precisam estar abertos aos alunos.

Quando o professor se mostra fechado, o aluno entende que pode depender menos da orientação. Essa pode ser a raiz de muitos problemas.

Os deveres do aluno 

O fato do orientador precisar estar aberto não exclui as obrigações do aluno de procurar ajuda e estar sempre atento.

No caso, podemos dizer que a relação entre os dois envolvidos no TCC precisa ter duas mãos.

Enquanto o professor auxiliar e direciona, é dever do aluno saber acatar o que é indicado pela experiência do orientador.

Se a monografia for feita exclusivamente com o pensamento do seu autor, qual a função de ter um orientador?

Dicas para escolher seu orientador de tcc

  1. Leve em consideração sua linha de pesquisa

Para que o orientador consiga ajudá-lo a desenvolver um trabalho de qualidade, ele precisa ter domínio da área do conhecimento sobre a qual você deseja produzir seu TCC.

Por este motivo, comece sua procura por um orientador analisando as linhas de pesquisa dos professores da sua faculdade.

Você pode conseguir essa informação conversando com os professores para entender melhor seu foco de trabalho ou até mesmo pesquisando seu currículo Lattes, que costuma ter todos os dados acadêmicos atualizados, como as pesquisas desenvolvidas pelo professor.

Desta maneira, você evitará o risco de escolher um professor que não tem relação com a temática da sua monografia e, portanto, pouco poderá acrescentar ao seu TCC.

  1. Verifique sua disponibilidade de tempo od orientador de tcc

Outro problema que pode ocorrer é o de você encontrar o professor ideal para orientar sua monografia, mas ele não ter tempo para cumprir todas as funções de orientador.

Isso também faz com que a qualidade do TCC caia, pois muitas vezes o professor não consegue realizar tarefas importantes para a orientação e o aluno fica desamparado durante a produção do trabalho.

Para evitar este problema, converse antes com o professor da sua escolha e certifique-se que ele tenha disponibilidade para te atender, conseguindo comparecer à encontros presenciais e realizar revisões e correções no trabalho.

Para facilitar este processo e otimizar o tempo de ambos durante a produção do TCC, aluno e orientador também podem fazer uso de recursos tecnológicos, como e-mail e serviços de mensagem e videoconferência.

  1. Analise suas características

Para que o desenvolvimento do TCC flua da melhor maneira possível, é essencial que aluno e professor estejam em sintonia e tenham uma boa relação. Por isso, na escolha do orientador, leve em conta também a afinidade que vocês têm, o modo de trabalho do professor, e características como exigência, flexibilidade, etc.

Ao levar isso em consideração, você evitará que surjam conflitos durante a elaboração do trabalho por falta de alinhamento com relação ao desenvolvimento da monografia ou discordâncias sobre o modo de trabalho adotado.

  1. Estejam de acordo com o tema

Não adianta você encontrar um professor que atenda aos requisitos abordados acima se ele não tiver interesse pelo tema do seu TCC.

Isso pode fazer com que o foco do trabalho tome rumos diferentes durante sua produção e você termine pesquisando sobre uma temática diferente daquela que tinha imaginado.

Por este motivo, seja claro com relação ao seu tema e objetivos de pesquisa, pois assim o professor poderá analisar se ele realmente pode contribuir com o seu trabalho e vocês estarão alinhados desde o começo do projeto de pesquisa.

  1. Converse com outros alunos

Converse com alunos que já foram orientados pelo professor que você deseja que oriente seu trabalho para saber como foram suas experiências e entender melhor o modo de trabalho do professor, seu temperamento, sua disponibilidade, seu nível de exigência entre outras informações que são importantes para você definir pela sua escolha como orientador ou não.

Quando o assunto é TCC, muitos problemas podem surgir. Um deles é a dificuldade de compreender e aplicar as normas ABNT na formatação.

Para ter uma auxílio nessa área, você pode contar com o Mettzer, um editor de texto especializado em trabalhos acadêmicos.

Não perca tempo e venha testar grátis! Basta clicar no link abaixo.

 

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.