Regras ABNT: guia rápido em 5 passos

Compartilhe esse post:

As regras da ABNT tem grande importância para a produção acadêmica e científica. 

Seu uso ajuda a manter um padrão uniforme na estrutura e apresentação dos trabalhos acadêmicos, sejam eles TCC, monografia, resenhas ou ensaios.

Você pode pensar que, em vez de as regras da ABNT serem empecilhos para a sua produção, elas são importantes auxílios. 

Além de você não precisar ficar pensando sobre pequenos detalhes o tempo todo, como a fonte, por exemplo, você já começa o trabalho com diretrizes definidas.

Ademais, a utilização dos padrões da ABNT permitem o acesso e a compreensão de trabalhos de regiões e universidades diferentes. 

A não utilização das regras da ABNT dificulta a troca de conhecimentos e experiências, além de ser uma barreira para o avanço científico e tecnológico nacional.

Pensando nisso é que as regras da ABNT surgem como um conjunto de diretrizes que auxiliam no desenvolvimento de pesquisas científicas e que são aceitas por todos os envolvidos nos meios acadêmicos e científicos.

Assim se cria uma maior ordenação entre as comunidades científica e acadêmica, auxiliando o compartilhamento dos resultados obtidos por meio das pesquisas realizadas.

Pensando neste cenário é que escrevemos esse guia rápido com as principais regras da ABNT.

Estrutura do trabalho nas regras da ABNT

Vamos iniciar falando sobre a estrutura principal dos trabalhos acadêmicos. 

Por exemplo, as monografias devem seguir um padrão comum composto de elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais.

Parte externa

-Capa (obrigatório)

– Lombada (opcional)

Parte interna

elementos pré-textuais

Esses elementos apresentam o conteúdo central do trabalho. 

Por isso compõe a primeira parte do trabalho, os seguintes itens:

elementos textuais

Esses podem ser considerados a parte principal do trabalho, e são compostos por:

É nos elementos textuais que o autor explora o problema que motivou sua investigação, relata os processos de pesquisa e confere a validade das hipóteses levantadas inicialmente.

elementos pós-textuais

  • Referências (obrigatório)
  • Glossário (opcional)
  • Apêndices (opcional)
  • Anexos (opcional)
  • Índice (opcional)

Margens nas regras ABNT

As regras ABNT definem que as páginas da monografia devem ter margens superior e esquerda de 3 cm e margens inferior e direita de 2 cm.

Segundo as regras, o trabalho deve ser impresso em papel A4.

Também é sugerida a impressão somente em um dos lados da folha, e em tinta preta.

As demais cores devem ser utilizadas somente para ilustrações, fotos e tabelas que seu trabalho possa conter.

Após a impressão, o trabalho deve ser encadernado com mola espiral e com capas plásticas, sendo a primeira branca e transparente e a última, preta e opaca.

Paginação nas regras da ABNT

Colocar número nas páginas sempre gera dúvida, porque a página que começa a contagem não leva o número.

Deste modo, as folhas do trabalho devem ser contadas sequencialmente, a partir da folha de rosto que se torna a número 1.

Mas a numeração deve ser inserida a partir da primeira folha da parte textual do trabalho, ou seja, na Introdução.

Deve ser em algarismos arábicos e no canto superior direito da folha, a 2 cm da margem superior, ficando o último algarismo a 2 cm da margem direita da folha.

Fontes nas regras abnt

As monografias devem ser redigidas nas fontes Arial ou Times New Roman. Com tamanho 12 e espaçamento de 1,5 cm entre linhas. Além de recuo de 1,25 cm no início de parágrafos.

A fonte tamanho 10 deve ser utilizada em caso de citações diretas longas, notas de rodapé, referências no sistema numérico, títulos de ilustrações, fontes de ilustrações e conteúdo de ilustrações como gráficos e tabelas.

Estilos especiais

O uso de estilos especiais também têm um padrão a ser seguido:

  • As aspas devem ser usadas para destacar transcrições de textos;
  • O estilo itálico deve ser usado para destacar palavras ou frases em língua estrangeira;
  • Negrito deve ser utilizado para destacar palavras de efeito e expressões principais num parágrafo;
  • O estilo sublinhado deve ser usado para destacar links para materiais disponíveis na internet.

Citações nas regras abnt

As citações de até 3 linhas não exigem uma formatação especial.

Portanto devem ser inseridas no parágrafo em que são referidas e identificadas apenas por aspas, sem alterações no tamanho e estilo da fonte.

Já as citações diretas com 4 linhas ou mais devem ser formatadas em parágrafo especial.

A referência ao autor deve ser feita logo após o ponto final, pelo sistema autor-data ou sistema numérico, explicado a seguir.

Notas de rodapé

As notas de rodapé servem para a inclusão de informações e explicações não essenciais para a compreensão do texto principal.

Elas também devem ser em fonte de tamanho 10.

Referências nas regras abnt

É nesta parte que as regras ABNT exigem que você identifique todos os autores e obras utilizadas para a produção do seu trabalho.

Para isso, existem dois sistemas de referências que podem ser utilizados: o sistema autor-data e o sistema numérico.

Para decidir qual dos dois sistemas você deve usar, é bom consultar sua instituição de ensino para saber qual é o padrão adotado por ela.

Sistema Autor-data

No sistema autor-data, as referências devem ser apresentadas em lista ao final do trabalho.

Além de organizadas em ordem alfabética e orientadas pelo sobrenome do autor da obra utilizada.

Além disso, em citações diretas, você também precisa referenciar o autor e a obra utilizada no momento da citação

Portanto, uma boa dica aqui é sempre inserir e organizar as referências enquanto se escreve o trabalho.

Em casos de citação indireta você precisa apenas informar o último sobrenome do autor e o ano de publicação da obra.

Já para citações diretas curtas e longas, você precisa informar o sobrenome do autor, o ano e a página da qual você retirou aquela citação.

Sistema Numérico

No sistema numérico, as referências são listadas de acordo com sua ordem de aparição no texto e identificadas por algarismos arábicos.

Neste caso, elas podem aparecer no rodapé de cada página, no final de cada capítulo ou no final do trabalho.

  • A referência da citação no sistema numérico fica da seguinte maneira:

Segundo o AUTOR¹

  • A referência na lista de referências fica assim:

¹SOBRENOME, Nome do Autor. Título: subtítulo. Cidade: Editora, Ano.

principais dicas sobre as Regras ABNT

1- Configure o seu documento antes de iniciar a escrita

Como você pode ver, as regras da ABNT são bastante detalhadas e sua formatação exige muita atenção.

Por isso, antes mesmo de iniciar o desenvolvimento do seu trabalho é bom que você já configure o seu arquivo dentro das regras.

2- Formate as citações no decorrer

Igualmente, não deixe para formatar as suas citações apenas ao final, de modo a ir “empurrando com a barriga”.

Ao fazer a citação, já formate certinho para evitar erros e retrabalhos posteriores.

Pode parecer um pouco chato, mas ao final você sentirá um grande alívio.

3- Adicione as referências no decorrer

Neste mesmo sentido, para não faltar nenhuma referência ao final do trabalho, ou ter que perder tempo correndo atrás do material novamente, ao utilizar uma obra, já faça a referência. 

4- Formate o trabalho de forma automática

Você pode facilitar todo este trabalho de formatação utilizando o Mettzer!

Assim você evita erros e economizar muito tempo e estresse com este editor que formata qualquer trabalho dentro das regras da ABNT!

Entretanto não é só isso que o Mettzer oferece!

Ele também conta com outras vantagens, como lembretes de metas, notificação por e-mail, acesso remoto e orientação online.

Faça um teste gratuito agora mesmo!

Resumo
Artigo
Regras ABNT: guia rápido em 5 para fazer da forma correta
Descrição
Conheça os detalhes das Regras ABNT e aprenda como formatar seu TCC, artigo ou monografia. Não tenha mais medo de perder notas por formatação.
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.