Ibidem (ibid.): Significado e como fazer de acordo com as normas ABNT

|
Tempo médio de leitura: 2 minutos
4.3
(6)

Sabe aquelas palavrinhas em latim que nos confundem no meio do texto? Exatamente, o ibidem, idem, o op cit, o et al, dentre tantas outras que podemos encontrar.

Muitas vezes o uso errado de um desses termos pode desqualificar um trabalho que você levou muito tempo para produzir.

Para saber como utilizar e quais as diferenças entre todos estes termos criamos esse post especial, para que você obtenha as respostas que precisa de forma direta!

Significado e utilização

O ibidem, abreviatura ibid. ou ib., é um termo em latim que praticamente não utilizamos em nossa comunicação diária, exatamente por isso a dificuldade em utilizá-lo nos textos.

Enquanto “idem” por exemplo, é um termo que ao ouvirmos ou lermos já teremos alguma noção do significado, o mesmo não acontece com o ibidem.

Mas podemos dizer que ambos têm significados complementares, e por isso quase sempre aparecerão juntos.

Isto porque o significado é “na mesma obra”, enquanto o idem se limita ao autor.

Quando utilizar Ibidem

O Ibidem pode ser utilizado em resenhas, resumos expandidos, artigos científicos, TCC, dissertações, teses e qualquer outro formato de trabalho acadêmico que exija o padrão de referenciação numérico.

Ou seja, ao ler algum desses trabalhos você conseguirá localizar o termo na nota de rodapé.

Exemplos práticos de Ibidem

Podemos passar muitas linhas tentando explicar o significado e a aplicação do ibidem, mas compreender por meio de exemplo é sempre mais fácil!

Por isso organizamos uma nota de rodapé simulando as referências como exemplo da utilização e das diferenças entre o idem, ibidem e op cit, além da explicação detalhada abaixo. Veja:

______________________________________________
1METTZER. O editor de texto que formata seu TCC. Florianópolis, 2019, p. 15.
2Idem. Como formatar seu TCC de forma automática. Florianópolis, 2018, p. 3.
3Ibidem, p. 8.
4Outra referência que não seja Mettzer.
5METTZER. Op cit.,p. 6.

A primeira referência completa [1].
A segunda [2] se refere ao mesmo autor da primeira citação, ou seja, Mettzer, mas outra obra.
A terceira [3] referência se refere ao mesmo autor e obra da referência de número [2].
A quarta [4] é uma referência aleatória exemplificativa, que poderia ser de qualquer outra autoria.
A quinta [5], se refere à obra anterior do mesmo autor utilizado, ou seja, o Mettzer 2018.

Quadro comparativo idem, ibidem, op cit e et al

Devo usar itálico?

Por se tratar de termo de origem em língua estrangeira, o latim, o uso do itálico facilita a compreensão, além de ficar claro sobre o que se refere.

Além disso, ao ler o termo em itálico, você vai se habituando a utilizá-lo da maneira correta, por isso já deixamos em destaque aqui também.

A escrita acadêmica é cheia de detalhes e segredos, né?
E além de tudo precisamos nos preocupar em deixar tudo redondinho nas normas da ABNT

Pois saiba que com o Mettzer você pode economizar tempo pois ele formata qualquer trabalho acadêmico dentro das normas da ABNT além de gerar referências e citações de forma automática.

Faça um teste gratuito agora mesmo!

Faça todos os trabalhos acadêmicos
sem dor de cabeça

Das anotações de aula até a tese de doutorado.

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 6

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

7 comentários em “Ibidem (ibid.): Significado e como fazer de acordo com as normas ABNT”

  1. Boa noite!

    Quero parabenizar pelo excelente artigo e corrigir minha classificação do mesmo. Sem querer apertei o primeiro “coração”, quando na verdade queria ter apertado o último. Rss!

    Quero, ainda, saber se as expressões idem e ibidem só podem ser usadas para referências aos autores e obras, ou se podem ser usadas de outras maneiras informais.

    Certa da resposta, agradeço desde já pela atenção dispensada!

    Responder
    • Oi, Mayara. Tudo bem?

      Ficamos feliz que você gosta do nosso conteúdo.
      Não entendi sua pergunta quanto ao idem e ibidem, pode me explicar melhor, por favor?

      Um abraço!

      Responder
  2. só pode colocar ibidem e op.cit em rodapé? já vi dissertações e artigos que colocam no texto mesmo. Isso está errado?

    Responder
  3. Eu escrevi 2 páginas e nelas eu usei muito um autor pra escrever, tem citações em aspas, tem citação com mais de 3 linhas direta.
    Não queria ficar repetindo sempre o nome do autor em parênteses mas não entendi exatamente como se usa o ibidem.
    Se a minha referência a ele está em outra página mas cito novamente na próxima página da monografia, ainda posso colocar ibidem? Alguém pra me ajudar? Se ibid e ibidem é só em rodapé, eu preciso pegar a minha primeira citação dele (a direta), colocar a referência no rodapé ao invés de direto no texto e seguir fazendo ibidem em páginas seguintes???

    Responder
    • Oi, Maria Luiza. Bom dia!

      É possível usar o ibidem apenas padrão de referenciação numérico.
      Neste modelo, as referências já são feitas nas notas de rodapé.
      Se você está utilizando o padrão (AUTOR-DATA) deve repetir o nome do autor.

      Um dica é variar nos formatos de citação: usar um pouco citação direta e um pouco citação indireta.
      Mesmo assim se você está usando muito um mesmo autor pode ser um sinal que deve buscar outros referenciais teóricos para construir sua revisão bibliográfica.

      Além do mais, a ABNT estabelece algumas regras básicas de formatação, mas que não são obrigatórias.
      Então, algumas instituições de ensino e revistas estabelecem seu próprio padrão de formatação.
      Por isso, é possível ver outros formatos.

      Um abraço.

      Responder
    • Oi, Antônio.

      Não é obrigatório. Você pode, por exemplo, repetir a referência e não utilizá-las.

      Um abraço.

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.