Citação direta: Diferença entre curta e longa nas normas da ABNT

|
Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 4 minutos

As citações estão no centro de qualquer produção acadêmica, e a citação direta, obviamente, não escapam disso.

O que muitas vezes nos escapa é que há uma diferença substancial na formatação de citações diretas que são consideradas curtas, as demais, longas.

Essa dúvida é bastante recorrente em estudantes que precisam elaborar citações nas normas da ABNT.

Pensando nisso, elaboramos esse conteúdo com todo o carinho para facilitar a sua vida! Confira.

O que é citação?

Em primeiro lugar, devemos constar que a ABNT tem uma definição específica sobre o que é citação.

De acordo com a norma NBR 10520 (2002, p. 1), citação é a “[…] menção de uma informação extraída de outra fonte”, como livros, jornais, revistas, blogs, vídeos, etc.

Você percebeu que, para dizermos o que é uma citação de acordo com a ABNT, nós utilizamos uma citação? Pois é, elas estão em qualquer texto!

Neste post nós iremos focar no formato de citação direta, e não citação indireta, mas também temos conteúdo sobre esse assunto em outro post!

Citação direta

Como você já deve saber, existem dois tipos, ou formatos, de citação direta.

Citação Direta Curta – até 3 linhas

Desta forma, as citações diretas curtas são pedaços copiados igualmente ao texto original, cuja extensão não ultrapassa três linhas.

Exemplo de citação direta curta

– citação direta curta no texto

– Citação direta curta na lista de referências

FURASTÉ, Pedro Augusto. Normas técnicas para o trabalho científico: elaboração e formatação. 14. ed. Porto Alegre: [s.n.], 2006.

Citação direta longa

Por sua vez, as citações diretas longas, são trechos maiores, também copiados igualmente, porém, sua extensão deve ser maior de quatro linhas.

Além disso, sua formatação é diferente.

Essa citação deverá ser separada do restante do texto, com recuo.

Também a fonte deverá ser menor do que a utilizada ao longo do trabalho, geralmente no tamanho 10.

Já o espaçamento entre as linhas deve ser simples, não se utiliza aspas e o recuo utilizado deverá ser de 4 centímetros.

Também se deve manter o alinhamento justificado.

Exemplo de citação direta longa

–  Citação direta longa no texto

– Citação direta longa na lista de referências

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração: uma visão abrangente da moderna administração das organizações. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 634 p.

Sistema numérico e sistema autor-data

De fato, citações e referências andam juntas.

Portanto é importante saber qual o sistema de referências bibliográficas que a sua instituição de ensino exige para a elaboração dos trabalhos.

Desta forma, quando as referências estão organizadas no sistema Autor-Data, elas são listadas no final do trabalho numa seção especial, em ordem alfabética, orientadas pelo sobrenome dos autores ou título da obra.

Neste sistema, a citação irá constar o nome do Autor, página e a data de publicação da obra, por exemplo, numa citação direta, “Autor (2015, p. 34)” ou simplesmente “(AUTOR, 2015, p. 34)”.

Já, no sistema numérico as referências são listadas de acordo com a sua ordem de aparição no texto, ou seja, na ordem em que você fizer as citações.

Por isso, as referências no sistema Numérico poderão ser listadas no final de cada página, de cada seção ou de forma completa no final do trabalho.

Neste caso, para identificar a citação utiliza-se apenas números arábicos (1,2,3…). A citação ficaria da seguinte maneira: Segundo o Autor¹ “Fazer TCC é muito importante”.

Como utilizar as citações diretas nas Normas ABNT?

Em resumo, na criação de qualquer trabalho acadêmico, incluindo o de conclusão de curso ou monografia, a parte teórica deverá ser desenvolvida com base no que já foi escrito anteriormente.

Deste modo, as citações servem para apoiar uma hipótese, ilustrar um raciocínio, esclarecer e dar suporte teórico aos assuntos abordados no trabalho.

Em outras palavras, como uma professora minha costumava dizer, é necessário construir uma “conversa entre os autores”.

Por isso deve-se evite criar uma “colcha de retalhos”, copiando informações de qualquer maneira, que não conversam.

Busque criar uma estrutura lógica e compreensível entre os autores citados.

Como fazer citações diretas de forma automática com o Mettzer

O Mettzer facilita muito a vida dos estudantes e professores, com as citações isto não seria diferente!

Como você pode ver, na citação direta curta, você precisa apenas digitar o conteúdo e no caso da citação direta curta deve colocar o conteúdo entre aspas.

Já a citação direta longa, onde você precisa fazer algumas formatações quando utilizar outros editores, no Mettzer você precisa apenas digitar o conteúdo, selecioná-lo e indicar no menu principal que aquele parágrafo é uma citação direta longa, apenas isto e o editor formata o texto para você.

Também a referência pode ser adicionada ali mesmo, basta clicar no menu “Adicionar referência na Citação” que aparece sempre quando você terminar de digitar.

É tudo muito simples, basta seguir o passo a passo.

No final a referência aparece formatada no texto e também na lista de referências, já em ordem alfabética.

Faça um teste gratuito agora mesmo e comprove como é bom ter o Mettzer para te ajudar!

Resumo
Artigo
Citação direta: Diferença entre curta e longa nas normas da ABNT
Descrição
Você sabe a diferença entre citação direta curta e citação direta longa? Aprenda como formatar suas citações dentro das normas da ABNT com exemplos.
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.