Plágio acadêmico: descubra como evitá-lo em seu TCC

|
Tempo médio de leitura: 5 minutos
()

Saiba quais são os tipos de plágio acadêmico e o que fazer para evitá-lo.


O plágio acadêmico leva o prêmio de maior medo dos estudantes. E não por menos, já que é uma violação dos direitos autorais e pode fazer que o estudante seja reprovado em seu TCC

O assunto não é um bicho de sete cabeças, mas não pode ser subestimado, ok? 

Não custa dar uma retomada nos conceitos e conferir as referências bibliográficas que você já fez para se certificar que está tudo correto. 

Então, vem com a gente que vamos te explicar direitinho o que é plágio acadêmico e como fazer para evitá-lo. 

O que é plágio acadêmico?

O plágio acadêmico acontece quando uma pessoa utiliza um texto ou uma ideia em seu trabalho sem colocar os devidos créditos para o autor original. Ou seja: não faz a referência às fontes de pesquisa

Por exemplo, quando um aluno utiliza uma tabela ou uma imagem em sua monografia sem citar o autor original. Ou quando um estudante utiliza um conceito de algum autor em sua dissertação sem referenciá-lo. 

Em outras palavras, a pessoa se apropria do texto ou da ideia do texto e assume, de forma indevida, a sua autoria. 

O plágio é um problema recorrente em trabalhos de conclusão de cursos. Isso porque muitos estudantes não referenciam corretamente as fontes de pesquisas utilizadas para a produção de seu trabalho. 

Mas, preste atenção. É normal que, em um trabalho acadêmico, os alunos usem as ideias de outros autores para respaldar e justificar seu texto. Mais do que isso: é esperado que os alunos saibam articular as ideias e as reflexões de autores que são autoridades no assunto que estão escrevendo. 

Ou seja: não é errado utilizar as ideias e os textos de outros autores. Errado é utilizar essas ideias sem fazer as devidas referências.

Tipos de plágio acadêmico

Engana-se quem pensa que o plágio só é caracterizado por quem faz cópia de palavra por palavra de um trabalho sem citar a fonte de pesquisa. 

Os autores dos trabalhos acadêmicos podem utilizar diversas formas de referenciar as fontes de pesquisa. O que significa que, quando a fonte não é devidamente referenciada, o plágio acontece de formas diferentes. 

Os tipos mais comuns de plágio são:

Plágio direto ou integral

É a transcrição literal, palavra por palavra, de um trecho ou de um texto completo, sem referenciar a fonte original. 

O plágio integral também pode ser referente à uma imagem ou à um gráfico, sem atribuir os créditos ao autor original. Ou referente à dados de pesquisa (quantitativos ou qualitativos) sem mencionar a fonte. 

Por exemplo, “Atualmente, 80 milhões de pessoas fazem uso de X medicação para tratar Y doenças”. Mas quem fez essa pesquisa? Quem apurou essa informação? É necessário atribuir a fonte.

Plágio parcial

É quando é feita a transcrição de parágrafos ou frases de diferentes autores, sem referenciar a fonte original. O resultado é um conjunto de fragmentos textuais.

Plágio Mosaico

É quando é feita a transcrição de trechos de textos de diversos autores, modificando palavras ou reformulando parágrafos, mas sem referenciar as fontes de pesquisa originais.

Plágio conceitual

É quando é feita a transcrição de trechos de textos de diversos autores, modificando palavras ou reformulando parágrafos, mas sem referenciar as fontes de pesquisa originais.

QUAIS IMPACTOS DO PLÁGIO

Em primeiro lugar, deve-se entender que os autores têm direitos sobre os textos e os conceitos que criam. É o que se denomina de direitos autorais. 

Isso significa que cometer plágio significa infringir a Lei nº 9.610/88, que é a norma que regulamenta os direitos autorais. 

Então, quando comete plágios, o estudante é automaticamente reprovado e o TCC é considerado inválido. 

E não é só isso: a violação dos direitos autorais pode caracterizar um crime, nos termos do artigo 184 do Código Penal, com previsão de pena de detenção de 3 meses a 1 ano ou multa. 

Ou seja: todo cuidado com as citações e referências bibliográficas de suas fontes de pesquisa é pouco. 

Como evitar plágio

A boa notícia é que, apesar de ser um problema bem sério, o plágio acadêmico é algo simples de ser evitado: basta você seguir as normas da ABNT para fazer as citações de seu conteúdo e referenciar de forma correta as fontes de pesquisa utilizadas em seu trabalho.

Isso porque a ABNT estabeleceu normas que descrevem exatamente como todas as citações de referências bibliográficas devem ser feitas para evitar um plágio. 

Tanto no conteúdo de seu trabalho quanto na bibliografia dos projetos de pesquisa, as normas da ABNT garantirão autoridade ao seu trabalho e aumento de sua qualidade acadêmica. 

Você pode conferir como fazer as citações de seu trabalho neste post

citação direta curta
citação direta longa

Citações e referências automáticas para evitar o plágio

referencias no mettzer

Pronto! Agora você já sabe a regra nº 1 para fazer um bom trabalho acadêmico.

Mas para facilitar ainda mais esse processo de produção textual e prevenir o plágio acadêmico, você pode contar com o Mettzer. 

Não importa o tipo de trabalho, se for nas normas da ABNT, a gente pode te ajudar:

  • A reduzir 100% as chances de cometer um plágio acadêmico
  • A reduzir 40% do tempo de desenvolvimentos de seus trabalhos acadêmicos
  • A reduzir 80% do tempo gasto com formatação, pois ela será completamente automática

Assim, você ganha tempo e tranquilidade e pode se dedicar exclusivamente à pesquisa.

Se interessou? Faça um teste gratuito agora mesmo

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

8 comentários em “Plágio acadêmico: descubra como evitá-lo em seu TCC”

  1. Oi.. Eu quero fazer um trabalho mais não encontro os autores nos PDF só os nomes aparecem apenas nas referência. como fazer o trabalho ?

    Responder
    • Oi Valdomiro, nesse caso você pode usr o site ou local de onde encontrou esse PDF e citar eles como autores.

      Ou talvez entrar em contato com o site para descobrir os autores.

      Espero ter ajudado.
      Abraços

      Responder
  2. Boa noite. Tenho uma dúvida específica. No caso de fazer uma citação corretamente, indicando autoria, ano e página conforme orientado pela ABNT, mas esquecer de colocar a obra citada na lista de Referências, é considerado plágio ou apenas um erro de ABNT?

    Responder
    • Olá, Ramalheiro. Tudo bem?

      Se você indicou a autoria, ano e página, a ausência da obra na lista de referências me parece um erro de ABNT.
      Se você já entregou o trabalho, pode corrigir o erro nas erratas do trabalho.

      Espero ter ajudado.

      Abraços.

      Responder
  3. Bom dia!
    Estou passando por uma situação da qual ainda não achei equivalente.
    Você tem alguma informação sobre plágio integral de textos ainda não publicados?

    Obrigada

    Responder
    • Oi Ana, tudo bem?

      Minha sugestão é você procurar um conselho legal para entender melhor sobre o assunto e também as implicações disso.

      Somente um profissional consegue te tirar as dúvidas e te ajudar da melhor forma.

      Abraços

      Responder
    • Oi Maria, tudo bem?

      Em nosso blog temos diversos conteúdos que podem te ajudar com o seu trabalho, basta acessar as categorias do blog.

      Abraços

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.