Monografia: guia completo para garantir a nota máxima!

Compartilhe esse post:

Tá aqui algo que você dificilmente poderá fugir na faculdade: monografia!

Isso porque a única chance de você fugir de uma monografia é entrar num TCC.

Vix, confundiu ainda mais? Não se preocupe.

Para ajudar na sua jornada, escrevemos neste post uma explicação sobre qual é a estrutura básica de uma monografia e o que é preciso incluir em cada parte, além de dúvidas gerais.

Ao final desse post todas as duas dúvidas sobre monografia serão sanadas e você poderá começar a planejar ou organizar a sua!

1- O que é uma monografia?

A Monografia é um tipo de trabalho que tem como objetivo estudar um assunto específico.

Normalmente é encontrada nos formatos de dissertação ou tese ou apresentada como trabalho de conclusão de curso (TCC) de graduação e pós-graduação.

Primeiramente, saiba que palavra “monografia” vem do grego, em que:

  • monos: “única”
  • graphein: “escrita”

Portanto, “monografia” significa literalmente “escrita única”. Está relacionada então com a unicidade de um problema; um único contexto sobre determinada área do conhecimento.

Monografia e TCC, tem diferença?

Sim, exite uma diferença, mas não é uma diferença muito grande!

O TCC é Trabalho de Conclusão de Curso. Por isso, o seu formato pode ser diferente em cada universidade ou curso.

A diferença entre um e outro, então, é apenas conceitual, e não estrutural.

Deste modo, a monografia é um formato de TCC. Por exemplo, um TCC da arquitetura, pode ser um projeto arquitetônico ou urbanístico, enquanto um em direito pode ser uma monografia.

Portanto, monografia e TCC obedecerão as mesmas normas da ABNT.

Resumindo: Toda monografia é um TCC, mas nem todo TCC é uma monografia!

2- Jornada da monografia

O desenvolvimento da monografia como trabalho de conclusão de curso, é um requisito para a formatura.

Por isso, a sua realização depende de uma soma de fatores, não só práticos e técnicos, mas também emocionais.

O sentimento de confusão e insegurança é absolutamente natural durante o processo.

Por isso, preparamos essa jornada completa, com 16 pontos para você focar a sua atenção!

3- Estrutura da monografia nas normas da ABNT

Para escrever uma boa monografia é fundamental que você saiba qual estrutura se espera dela.

Pode parecer fácil numa primeira olhada, mas existem detalhes e regras que ditam o que deve ser feito em cada componente do seu trabalho acadêmico.

elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais

a) Elementos pré-textuais

Dá-se o nome de Elementos pré-textuais a todos os elementos da monografia que estão antes da sua parte mais importante.

Isso não significa que elas não são importantes, porque elas são sim!

Na verdade cumprem papéis relativos à arquivação do trabalho à compreensão das intenções do autor (você <3).

O primeiro dos elementos pré-textuais é a capa, que tem funções estéticas e organizacionais.

Além de embelezar o trabalho, também apresenta informações relevantes ao fichamento e compreensão do seu TCC.

A folha de rosto segue a mesma lógica, pois explica de maneira um pouco mais aprofundada a função do trabalho.

Em seguida, temos a folha de aprovação, que possui funções burocráticas, uma vez que é utilizada para listar a banca examinadora.

Você também deverá detalhar a localização e a data da apresentação para efeitos de registrar o aluno como aprovado.

Finalmente entrando nos quesitos de descrição do trabalho, temos o Resumo, realizado em português e em uma língua estrangeira, normalmente o inglês (levando o título de abstract).

A função desse elemento é a de explicar todo o trabalho realizado da forma mais sucinta possível, facilitando ao leitor um entendimento sobre o que virá a seguir.

Por fim, o sumário é o elemento que serve para compilar e facilitar que as informações sejam encontradas dentro do trabalho.

Exemplo de capa

Modelos de capa abnt

Modelo de folha de rosto

b) Elementos textuais

Introdução

A primeira parte do texto que realmente compõe a estrutura do trabalho é a Introdução, que pode tomar diversas formas dependendo do que se planeja.

Em muitos casos, ele é tratado apenas como uma expansão do resumo.

O mais importante aqui é justificar a necessidade do estudo que foi conduzido.

Ou seja, se você trata a introdução apenas como um passo a passo, está perdendo a necessidade de uma justificativa.

Desenvolvimento

Em seguida, temos os elementos de Desenvolvimento. Um deles não é obrigatório.

É a Fundamentação Teórica, na qual se apresenta mais a fundo as pesquisas de outros que serviram de base para a sua.

Nem sempre ela é necessária e algumas vezes explicações mais aprofundadas pode ser usadas apenas através de citações ao longo de todo o trabalho.

formatação trabalhos acadêmicos

Resultados

Temos então os Resultados, que apresentam os dados obtidos com a pesquisa.

Quando o TCC é de um curso de humanas e decide-se por não usar estatísticas como no caso de uma pesquisa bibliográfica.

Essa parte pode ser renomeada Desenvolvimento e conjecturar sobre as conexões dos elementos apresentados no trabalho.

Quando existem dados matemáticos a serem apresentados, eles também devem ser discutidos e as perguntas que surgem com a sua apresentação devem ser explicitadas.

Conclusão

Por fim, a Conclusão, onde, apesar do nome, o autor não precisa apresentar nada definitivo. Ele deve apenas discutir o que é possível aprender e retirar do seu trabalho.

c) Elementos pós-textuais da monografia

O único elemento obrigatório pós-textual são as Referências bibliográficas, onde você dá crédito às citações e bases teóricas utilizadas e permite ao leitor localizar suas fontes.

Veja no esquema abaixo uma lista com modelos de referências bibliográficas:

referências bibliográfica nas normas ABNT

Além disso, outros materiais podem ser incluídos.

Por exemplo os Anexos, onde se colocam informações complementares que não precisavam entrar necessariamente no corpo do texto, além de Apêndice e Glossário.

Todos esses elementos, de todos os setores do trabalho, podem ser confusos, principalmente dentro do corpo do texto.

É preciso atenção redobrada para não confundir as partes e ter a certeza sobre o que está acontecendo.

4- Como escrever a sua monografia no Mettzer

Para facilitar sua vida, você pode precisar de um editor de texto especializado como o Mettzer.

Ele tem ferramentas que permitem uma facilitação da diagramação do texto dentro das normas ABNT que permitem que você dedique mais tempo com o que realmente importa no seu trabalho.

Como configurar seu trabalho no Mettzer

Para mudar algumas configurações do seu projeto é só acessar “Configurações” na barra azul do editor.

  • Na aba “Geral” você pode editar título do projeto, nome da instituição, seu curso e departamento.
  • Na aba “Fontes” você edita a fonte, tamanho e espaçamento de alguns elementos.
  • Na aba “Capa” você seleciona os itens que precisa constar na capa do seu projeto e adicionar o brasão da sua universidade.
  • A aba “Ilustrações” você seleciona posicionamento, alinhamento e espaçamento de imagens, tabelas e quadros.
  • Já as abas “Elementos Pré-textuais” e “Elementos Pós-textuais” você seleciona quais itens precisa no seu projeto. Ao final, é só clicar em “Salvar configurações”.

Como configurar seu trabalho no Mettzer

Como criar um novo projeto no Mettzer

Se você já tem um projeto criado ou quer acessar os outros projetos que você criou é só acessar “Meus Projetos” no canto esquerdo da barra azul e todos os projetos criados estarão disponíveis.

Para criar um novo é só clicar em “+ Criar projeto” e selecionar o tipo de projeto, dessa forma:

Como criar documento no Mettzer

Como adicionar e remover elementos pré-textuais

Você pode adicionar ou remover elementos pré-textuais que não são obrigatórios.

Se você mudar de ideia e desejar adicionar o item novamente, é só acessar as configurações e depois selecionar na aba “Elementos Pré-textuais” a opção desejada e em seguida salvar as configurações como mostra abaixo:

Como adicionar ou excluir elementos pré-textuais

Como compartilhar o trabalho com colegas ou orientador

Quando a situação do e-mail estiver “ativo” significa que a pessoa já se cadastrou no Mettzer e já tem acesso.

Caso você queria parar de compartilhar seu projeto com algum e-mail é só clicar no “X”.

Como configurar seu trabalho no Mettzer

Como imprimir, salvar ou exportar seu trabalho em PDF

É só você clicar no ícone da impressora na barra azul do editor, vai abrir outra página com as opções de salvar o PDF ou imprimi-lo.

Como salvar ou exportar em PDF 

Se interessou? Então que tal se cadastrar para experimentar gratuitamente?

Resumo
Artigo
Monografia: guia completo para garantir a nota máxima!
Descrição
Para ajudá-lo na sua jornada até a formatura, explicamos nesse post qual é a estrutura básica da monografia e o que é preciso incluir em cada parte dele.
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.