NBR 14724: conheça as regras gerais para trabalhos acadêmicos

|
Tempo médio de leitura: 7 minutos
5
(3)

A NBR 14724 especifica os princípios gerais da elaboração de trabalhos acadêmicos como teses, dissertações e outros, visando sua apresentação à instituição.


Prefácio da NBR

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Foro Nacional de Normalização.

As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB), dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS) e das Comissões de Estudo Especiais (ABNT/CEE), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros).

Os Documentos Técnicos ABNT são elaborados conforme as regras da Diretiva ABNT, Parte 2.

Objetivo da NBR 14724

Esta Norma especifica os princípios gerais para a elaboração de trabalhos acadêmicos (teses, dissertações e outros), visando sua apresentação à instituição (banca, comissão examinadora de professores, especialistas designados e/ou outros).

Deste modo, aplica-se, no que couber, aos trabalhos acadêmicos e similares, intra e extraclasse.

Elaboração da NBR 14724

A ABNT NBR 14724 foi elaborada no Comitê Brasileiro de Documentação e Informação (ABNT/CB-14), pela Comissão de Estudo de Documentação (CE14:000.01).

O Projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital nº 10, de 08.10.2010 a 06.12.2010, com o número de Projeto ABNT NBR 14724. Esta terceira edição cancela e substitui a edição anterior (ABNT NBR 14724:2005), a qual foi tecnicamente revisada.

Referências normativas

Os documentos relacionados a seguir são indispensáveis à aplicação desta norma.

Para referências datadas, aplicam-se somente as edições citadas. Para referências não datadas, aplicam-se as edições mais recentes do referido documento (incluindo emendas).

  • ABNT NBR 6023, Informação e documentação – Referências – Elaboração
  • NBR 6024, Informação e documentação – Numeração progressiva das seções de um documento escrito – Apresentação
  • NBR 6027, Informação e documentação – Sumário –Apresentação
  • ABNT NBR 6028, Informação e documentação – Resumo – Procedimento
  • ABNT NBR 6034, Informação e documentação – Índice – Apresentação
  • NBR 10520, Informação e documentação – Citações em documentos – Apresentação
  • ABNT NBR 12225, Informação e documentação – Lombada – Apresentação
  • Código de Catalogação Anglo-Americano. 2. ed. rev. 2002. São Paulo: FEBAB, 2004
  • IBGE. Normas de apresentação tabular. 3. ed. Rio de Janeiro, 1993

Estrutura de trabalhos pela NBR 14724

A estrutura de trabalhos acadêmicos compreende: parte externa e parte interna.

Parte externa

Capa (obrigatório)
Lombada (opcional)

Parte interna

Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais

elementos pós-textuais

Elementos obrigatórios da capa

A capa é um elemento obrigatório, cujas informações devem ser apresentadas na seguinte ordem:

  • a) nome da instituição (opcional);
  • b) nome do autor;
  • c) título: deve ser claro e preciso, identificando o seu conteúdo e possibilitando a indexação e recuperação da informação;
  • d) subtítulo: se houver, deve ser precedido de dois pontos, evidenciando a sua subordinação ao título;
  • e) número do volume: se houver mais de um, deve constar em cada capa a especificação do respectivo volume;
  • f) local (cidade) da instituição onde deve ser apresentado;
    NOTA No caso de cidades homônimas recomenda-se o acréscimo da sigla da unidade da federação.
  • g) ano de depósito (da entrega).

Lombada

Já, a lombada é um elemento opcional, apresentada conforme a ABNT NBR 12225.

Regras gerais para trabalhos NBR 14724

A apresentação de trabalhos acadêmicos deve ser elaborada conforme 5.1 a 5.9.

Formato

Os textos devem ser digitados ou datilografados em cor preta, podendo utilizar outras cores somente para as ilustrações. Se impresso, utilizar papel branco ou reciclado, no formato A4 (21 cm × 29,7 cm).

Os elementos pré-textuais devem iniciar no anverso da folha, com exceção dos dados internacionais de catalogação-na-publicação que devem vir no verso da folha de rosto. Assim, recomenda-se que os elementos textuais e pós-textuais sejam digitados ou datilografados no anverso e verso das folhas.

Margens

As margens devem ser: para o anverso, esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm; para o verso, direita e superior de 3 cm e esquerda e inferior de 2 cm.

Recomenda-se, quando digitado, a fonte tamanho 12 para todo o trabalho, inclusive capa, excetuando-se citações com mais de três linhas, notas de rodapé, paginação, dados internacionais de catalogação na publicação, legendas e fontes das ilustrações e das tabelas, que devem ser em tamanho menor e uniforme.

Espaçamento

Todo texto deve ser digitado ou datilografado com espaçamento 1,5 entre as linhas, excetuando-se as citações de mais de três linhas, notas de rodapé, referências, legendas das ilustrações e das tabelas, natureza (tipo do trabalho, objetivo, nome da instituição a que é submetido e área de concentração), que devem ser digitados ou datilografados em espaço simples.

Referências

As referências bibliográficas, ao final do trabalho, devem assim ser separadas entre si por um espaço simples em branco.

Folha de rosto e de aprovação

Na folha de rosto e na folha de aprovação, o tipo do trabalho, o objetivo, o nome da instituição e a área de concentração devem ser alinhados do meio da mancha gráfica para a margem direita.

Notas de rodapé

As notas devem ser digitadas ou datilografadas dentro das margens, ficando assim separadas do texto por um espaço simples de entre as linhas e por filete de 5 cm, a partir da margem esquerda.

Devem ser alinhadas, a partir da segunda linha da mesma nota, abaixo da primeira letra da primeira palavra, de forma a destacar o expoente, sem espaço entre elas e com fonte menor.

Indicativos de seção

O indicativo numérico, em algarismo arábico, de uma seção precede seu título, alinhado à esquerda, separado por um espaço de caractere.

Os títulos das seções primárias devem começar em página ímpar (anverso), na parte superior da mancha gráfi ca e ser separados do texto que os sucede por um espaço entre as linhas de 1,5.

Da mesma forma, os títulos das subseções devem ser separados do texto que os precede e que os sucede por um espaço entre as linhas de 1,5.

Títulos que ocupem mais de uma linha devem ser, a partir da segunda linha, alinhados abaixo da primeira letra da primeira
palavra do título.

Títulos sem indicativo numérico

Os títulos, sem indicativo numérico, como a errata, agradecimentos, lista de ilustrações, lista de abreviaturas e siglas, lista de símbolos, resumos, sumário, referências, glossário, apêndice(s), anexo(s) e índice(s) devem ser centralizados.

Elementos sem título e sem indicativo numérico

Fazem parte desses elementos a folha de aprovação, a dedicatória e a(s) epígrafe(s).

Paginação

As folhas ou páginas pré-textuais devem ser contadas, mas não numeradas.
Para trabalhos digitados ou datilografados somente no anverso, todas as folhas, a partir da folha de rosto, devem ser contadas sequencialmente, considerando somente o anverso.

Assim, a numeração deve figurar, a partir da primeira folha da parte textual, em algarismos arábicos, no canto superior direito da folha, a 2 cm da borda superior, ficando o último algarismo a 2 cm da borda direita da folha.

Quando o trabalho for digitado ou datilografado em anverso e verso, a numeração das páginas deve ser colocada no anverso da folha, no canto superior direito; e no verso, no canto superior esquerdo.

No caso de o trabalho ser constituído de mais de um volume, deve ser mantida uma única sequência de numeração das folhas ou páginas, do primeiro ao último volume. Assim, havendo apêndice e anexo, as suas folhas ou páginas devem ser numeradas de maneira contínua e sua paginação deve dar seguimento à do texto principal.

Numeração progressiva

Elaborada conforme a ABNT NBR 6024, a numeração progressiva deve ser utilizada para evidenciar a sistematização do conteúdo do trabalho.

Destacam-se, assim, gradativamente os títulos das seções, utilizando-se os recursos de negrito, itálico ou sublinhado e outros, no sumário e, de forma idêntica, no texto.

Citações

As citações são apresentadas conforme a ABNT NBR 10520.

Siglas

Por sua vez, a sigla, quando mencionada pela primeira vez no texto, deve ser indicada entre parênteses, precedida do nome completo.

Por exemplo: Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT)

Equações e fórmulas

Para facilitar a leitura, devem ainda ser destacadas no texto as equações e fórmulas. Caso necessário, numeradas com algarismos arábicos entre parênteses, alinhados à direita.

Por isso, na sequência normal do texto, é permitido o uso de uma entrelinha maior que comporte seus elementos (expoentes, índices, entre outros).

Ilustrações

Em qualquer que seja o tipo de ilustração sua identificação, deverá, assim, aparecer na parte superior, precedida da palavra designativa (desenho, esquema, fluxograma, fotografia, gráfico, mapa, organograma, planta, quadro, retrato, figura, imagem, entre outros), seguida de seu número de ordem de ocorrência no texto, em algarismos arábicos, travessão e do respectivo título.

Por isso, após a ilustração, na parte inferior, indicar a fonte consultada (elemento obrigatório, mesmo que seja produção do próprio autor), legenda, notas e outras informações necessárias à sua compreensão (se houver).

Já, a ilustração deve ser citada no texto e inserida o mais próximo possível do trecho a que se refere.

Tabelas

Devem ser citadas no texto, inseridas o mais próximo possível do trecho a que se referem e padronizadas conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Formatação automática de trabalhos nas normas da ABNT

Como se pode ver, uma grande parte do tempo investido na produção de trabalho acadêmico é na sua formatação nas normas da ABNT.

Portanto, nada melhor que um editor que formata cada pequeno detalhe de forma automatizada, como o Mettzer.

Faça um teste gratuito agora mesmo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Resumo
Artigo
NBR 14724: conheça as regras gerais para trabalhos acadêmicos
Descrição
A NBR 14724 especifica os princípios gerais da elaboração de trabalhos acadêmicos como teses, dissertações e outros, visando sua apresentação à instituição.
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.