Aprenda a fazer uma ótima apresentação de TCC

Tempo médio de leitura: 13 minutos
()

Neste post separamos algumas dicas para você vencer a apresentação seu TCC com sucesso! 


Como fazer uma ótima apresentação de TCC?

Quais as dicas para defender o TCC de um jeito que mostre a relevância e a qualidade de seu trabalho à banca?

Quanto tempo deve durar a apresentação do TCC?

Se essas são as suas dúvidas, eu posso te ajudar. Nesse post eu te respondo tudo isso e muito mais.

Prepara seu café e vem comigo 🙂

COMO FAZER UMA BOA APRESENTAÇÃO DE TCC?

A verdade é que você pode começar a pensar na defesa do TCC desde o começo do trabalho.

Mas isso não é para te desesperar não. Se você já está na parte final do trabalho, tudo bem. É só para melhorar o planejamento de todo trabalho. Vou te explicar melhor o motivo 🙂

Aqui vão nossas dicas para fazer uma boa apresentação do TCC. Se você puder ajudar com mais uma ideia, não deixe de nos contar, ok?

Inclua a apresentação do TCC como uma etapa do trabalho

Bom, a primeira dica pode parecer um pouco óbvia. Mas não é.

Muitas pessoas gastam todo o tempo e energia elaborando a parte escrita do TCC e deixam a apresentação de lado. Ou seja, não incluem a parte de montar a apresentação do trabalho no cronograma de atividades.

E montar a apresentação do TCC não significa apenas fazer os slides da apresentação. Mas também elaborar o roteiro e treinar a apresentação, por exemplo.

O resultado disso é que muitas vezes a defesa do TCC não representa a qualidade do trabalho escrito.

Daí a necessidade de ter de um planejamento realista, que inclua a apresentação do TCC como uma das etapas do trabalho.

Para isso, você vai precisar ter uma visão clara de todas as atividades que serão necessárias. É muito importante trabalhar de forma organizada e eficiente. Isso vai ajudar muito o começo. Você vai economizar tempo e evitar estresse desnecessário.

Para tornar tudo mais simples, você pode adotar algumas técnicas que facilitam a produtividade acadêmica.

Outra dica é colocar atenção em alguns hábitos que podem prejudicar o processo, como, por exemplo, a procrastinação.

Mas, vamos lá. Não basta apenas estipular os prazos para as atividades. As pessoas do grupo devem cumprir esses prazos.

Deste modo, o ideal é criar um cronograma detalhado desde o início.

Você pode fazer uma tabela simples com a ordem de execução, o nome da tarefa, a data de início, a data de entrega e a pessoa responsável por fazê-la. Divida as tarefas no maior número possível e evite prazos muito longos.

Tome cuidado para estabelecer prazos que sejam possíveis de cumprir. Um prazo inexequível também é inútil.

Elabore um roteiro para sua apresentação

A melhor maneira de afastar o nervosismo antes da apresentação do TCC é com preparação e planejamento.

Saber de antemão o que você vai falar, como vai relacionar os tópicos e quais conceitos deve enfatizar, por exemplo, é um ótimo jeito de organizar sua fala. Essa organização também facilita a memorização.

E justamente para isso que o roteiro serve: para fazer essa organização, pois ele vai ajudar a estabelecer uma linha de raciocínio que você deve seguir durante a apresentação.

Desta forma, você saberá quais são os pontos centrais da sua fala. Vai ficar muito mais fácil mentalizar o que precisa ser dito e diminui as chances de acontecerem ‘brancos’ durante sua apresentação.

Faça uma síntese do seu trabalho

Outro ponto importante que você deve ter em mente é que é impossível abordar todos conteúdo em alguns minutos de exposição oral.

Por este motivo, é importante saber priorizar os conteúdos mais importantes que deverão ser priorizados na fala, para que você consiga apresentar no tempo disponível.

Durante a preparação do seu roteiro, anote quais são os tópicos centrais da fala e depois escreva o texto do que você irá falar relacionando-os.

Isso facilita para que você consiga fazer uma síntese a partir dos conceitos principais do seu trabalho e também ajuda na memorização.

Prepare a apresentação em slides

Os slides da sua apresentação devem servir para guiar a exposição do conteúdo do trabalho, não para apresentar o trabalho por você.

Por este motivo, economize nos textos dos slides, deixando-os apenas para destacar citações e conceitos importantes ou apresentar dados como gráficos, tabelas, estatísticas, entre outros elementos do tipo.

Lembre-se que os slides devem ser esteticamente bonitos e limpos. Claros e assertivos. Você vai precisar dedicar um tempo para isso.

Você também não deve ler os slides durante a apresentação. Isso faz com que as pessoas que estão assistindo percam o foco. Além do mais, você pode parecer despreparado.

 Use os slides apenas como referência para se manter no roteiro, mas evite ficar olhando para os slides e concentre o foco da plateia na sua fala.

Estude e ensaie sua apresentação

A essa altura do campeonato, você já conhece o teu TCC de trás para frente, não é mesmo? 

Mas continuar lendo e estudando é a melhor forma de você atingir o domínio do conteúdo necessário para se sentir confortável e seguro na sua apresentação.

Por esse motivo, leia muitas vezes o roteiro que você preparou. Se certifique dos conceitos centrais do trabalho e ensaie a sua apresentação.

Uma dica é apresentar o seu trabalho para outras pessoas. Elas podem te dar dicas ou fazer perguntas que podem auxiliar na evolução da tua apresentação.

Se você conseguir, grave um vídeo do seu ensaio. Ao se assistir, você pode identificar pontos que precisam melhorar e sua apresentação ficará muito mais segura e natural.

Se certifique sobre o funcionamento de equipamentos com antecedência

É importante que você chegue no local da apresentação com antecedência, para conferir itens como: computador, projetor, som, pendrive.

Assim, você previne que ocorram problemas com esses equipamentos, o que também pode prejudicar seu tempo e sua exposição.

Preste atenção na sua fala e postura

Apesar do tempo de apresentação ser curto, procure não falar rápido demais. Isso pode dificultar que as pessoas entendam o que você está falando e também pode transparecer nervosismo.

Por isso, fale devagar e claramente. Utilize um tom mais sério e formal, mas que possa ser compreendido por todas as pessoas presentes na sala.

Também preste atenção em sua postura. É importante ter uma postura mais centrada, para deixar o foco no  que realmente importa, que é o conteúdo do trabalho.

Assim, evite gesticular muito ou ficar se movimentando durante a fala. Não olhe apenas para um professor, mas para a plateia da sua apresentação.

Pense em usar roupas menos informais. Só que tome cuidado nesse ponto: você deve estar confortável com essa escolha. Afinal, é provável que você fique em pé, na frente da sala, com muitos colegas assistindo.

Se você usar uma roupa que não costuma usar ou que se sente desconfortável, você pode passar essa insegurança para a fala também.

E não custa lembrar: desligue o celular antes de começar a sua apresentação.

Cuidado com o tempo

O tempo de apresentação do TCC costuma ser curto. Esse tempo varia de acordo com a instituição de ensino. De forma geral, a apresentação do TCC dura entre 20 e 30 minutos.

Mas deixa eu te dizer: de forma alguma, trabalhos bons são necessariamente trabalhos longos. Você precisa focar na qualidade da informação que está passando aos colegas.

Muitas vezes, apresentações muito longas acabam se tornando chatas e as pessoas não prestam atenção até o final.

Por isso, é muito importante tomar cuidado para não perder o foco durante a apresentação e falar apenas sobre tópicos importantes.

Para isso, cronometre sua apresentação durante os ensaios e tome cuidado para não atrasar.

Lide bem com os “brancos” que surgirem

Eu preciso te dizer que: independente de você estar com o trabalho na ponta da língua, mesmo assim podem surgir brancos no meio da sua fala. É natural. Acontece com todas as pessoas mortais.

Então, você não tem outra opção a não ser lidar com eles, quando surgirem.

E, se eu fosse você, tentaria lidar bem com esses brancos: entenda que eles acontecem – e isso não significa que seu trabalho é ruim ou que você apresenta mal -.

Faça uma pausa e não tenha pressa de continuar: respira fundo, bebe um gole de água e, só então, retome seu roteiro.

Afinal de contas, você já estudou todo o trabalho, não vai ser difícil retomar de onde parou.

Se prepare para as perguntas

Depois de apresentar o TCC, é possível que os professores da banca façam perguntas sobre o tema.

Nunca interrompa a fala das pessoas. Escute até o final e só então faça suas considerações, sendo o mais direto e objetivo possível.

Também não fique retrucando ou justificando algum ponto do trabalho, apenas ouça e respeite a opinião dos professores e se comprometa a alterar essa parte do trabalho.

Caso surja uma pergunta que você não sabe a resposta, seja sincera e diga que você não pesquisou sobre aquele tópico específico ou que ele não fazia parte do escopo do seu trabalho.

Não leve uma crítica para o lado pessoal, mas como oportunidade para desenvolver habilidades. Saiba argumentar e defender seu trabalho de forma educada.

Dicas de oratória

Mas, não importa a situação, falar em público está longe de ser uma tarefa fácil, não é mesmo?

Por esse motivo, vale à pena reservar um tempinho para estudar dicas de oratória.

Oratória nada mais é do que conseguir falar bem em público. E isso não significa apenas transmitir uma mensagem.

Além de comunicar a mensagem, você também deve passar segurança e tornar o momento agradável e menos cansativo possível.

Então, confira algumas técnicas de oratória para usar na apresentação de seu trabalho:

Preste atenção na respiração

Olha, ficar nervosa na apresentação de TCC é absolutamente comum. Isso quer dizer que você tem que apresentar o TCC, apesar de todo nervosismo que aparecer.

E a respiração pode te ajudar a lidar bem com o nervosismo.

Para isso, você não pode esquecer de…respirar! Evite respirar em um ritmo acelerado. Utilize frases pequenas e coloque atenção na respiração nos intervalos das palavras. Faça pausas quando for possível.

A confiança começa na postura

É isso. Ao manter uma postura correta, você passa a mensagem de segurança. E não só para outras pessoas.

A pesquisa científica de Amy Cuddy, pesquisadora e professora de Harvard, indicou que a postura correta transmite mensagens de autoconfiança para o cérebro.

Então, tente manter a coluna reta. Os ombros e o pescoço devem ficar relaxados, para afastar a tensão.

Ao perceber sua postura, tanto o seu próprio cérebro, quanto outras pessoas, vão acreditar que você realmente está confiante.

Evite gestos involuntários

Você sabe do que eu estou falando né? Quem nunca assistiu a uma apresentação que o apresentador não parava de mexer no cabelo, por exemplo?

Esse é realmente um dos gestos mais famoso. Algumas pessoas ficam tocando incessantemente o anel ou outro acessório, como brincos e relógio. Outras pessoas ficam levantando as mangas da camisa constantemente.

Parece inocente, mas se for muito frequente, o gesto acaba tomando um lugar de destaque na apresentação.

A dica aqui é antecipar a correção do gesto involuntário antes que ele aconteça. Isso só pode ser corrigido se você testar a apresentação na frente de outras pessoas ou gravar sua própria apresentação.

Só assim você vai perceber que tem a tendência de fazê-lo e pode evitar no momento da apresentação de verdade.

Evite vícios de linguagem

Esse é outra mania que as pessoas desenvolvem nas apresentações. Os vícios de linguagem aparecem entre uma frase e outra, para preencher um espaço vazio na fala até que o apresentador relembre o próximo ponto de seu discurso.

A dica para evitar os vícios de linguagem é treinar e praticar a apresentação. A tendência é que os vícios desapareçam com os treinos.

Se os vícios de linguagem persistirem, a segunda dica é substitui-los por pausas. Você deve aceitar o silêncio naqueles segundos e retomar do ponto que parou quando conseguir. Bora praticar?

APRESENTAÇÃO DE SLIDES DE ACORDO COM AS NORMAS DA ABNT

As normas da ABNT não estabelecem regras para os slides para a apresentação do TCC.

Os slides são tão importantes que até merecem um tópico especial só para falar sobre isso. Vamos lá.

Utilize o modelo de apresentação do Mettzer

Preparamos um modelo de apresentação de slides para você.

Dicas práticas para produção dos slides da apresentação do TCC

Vamos falar algumas dicas práticas para você fazer a apresentação de slides do seu TCC.

Escolha bem as fontes dos textos

As normas ABNT não estabeleceram regras sobre as fontes e os tamanhos das letras dos slides. Mas tenha bom senso.

Use apenas uma fonte ao longo de todos os slides.

Também evite usar letras pequenas demais que poderão não ser compreensíveis. As letras muito grandes também pode te prejudicar, porque tiram atenção do que realmente importa.

E nem preciso dizer que você deve escolher fontes legíveis. Por esse motivo, evite utilizar letras cursivas.

Evite exagerar nos textos dos slides

Você já deve saber disso, mas não custa repetir. Os slides com muitos textos são muito cansativos. Lembre-se que os slides não devem trazer todo conteúdo que você vai falar.

Você também não precisa tirar citações inteiras ou enormes pedaços da sua monografia para os slides. Já que a apresentação deve constar só as partes mais importantes do trabalho.

Ou seja: não é hora de dizer tudo que você escreveu no TCC. Parta do princípio de que a banca já leu todo o teu trabalho.

Pense nele como uma forma de atrair o interesse das pessoas que estão assistindo.

Em resumo, priorize utilizar apenas palavras-chave nos slides. Ou, no máximo, frases bem curtas.

Os slides não são lembretes

É muito comum que os estudantes usem a apresentação de slides como notas para lembrar os pontos que vai falar. No entanto, essa não é a função dos slides.

A verdadeira função é esclarecer e facilitar a exposição do conteúdo. Esse é mais um motivo para evitar colocar texto demais em um único slide.

Em geral, as pessoas fazem isso para ler o que escreveram na hora da apresentação.

Nossa dica é que, caso você precise de um roteiro para guiar a defesa, é melhor levar uma folha impressa. Dessa forma, a apresentação poderá se manter sem excesso de informações.

Utilize recursos textuais

Alguns recursos como destaques em negrito e itálico, algumas cores, parágrafos e espaçamentos servem para organizar e classificar as informações.

Isso ajuda a direcionar a atenção do público para os pontos mais importantes. Além de, é claro, atrair a atenção para a sua apresentação.

Mas todos os elementos devem manter um aspecto sóbrio e básico ao trabalho. Então, não utilize todos os recursos possíveis em um único slide.

Tome muito cuidado com as cores. Um erro comum é utilizar fundos escuros e letras claras. Esse tipo de slide só é legível em sala muito escuras e projetores de alta qualidade. Como esse quase nunca é o caso, tome cuidado.

Recomenda-se o uso de cores neutras. Mas você não precisa fazer tudo preto, branco ou cinza. Você pode usar outras cores, desde que não exagere.

Para não errar, use no máximo duas cores para fundo e textos. Busque sempre o alto contraste entre fundo e texto. Priorize tons escuros para a cor das letras e tons claros para o fundo, já que essa combinação funciona bem tanto para ambientes com pouca ou muita luz.

Tome cuidado com as imagens

O uso de imagens é um problema constante em apresentações de monografia. Isso porque muitos alunos não tomam cuidado de pensar se a imagem tem tamanho e qualidade suficiente para projeção.

Outro problema é quando se coloca mais de uma imagem por slide. Isso polui a apresentação e impede que as pessoas compreendam as informações das imagens.

É de bom tom manter sempre uma imagem por slide. Se isso estiver fazendo a sua apresentação ter slides demais, é um sinal para cortar algumas informações.

Utilize recursos visuais

Fluxogramas, gráficos, fotos, ilustrações são muito bem-vindos, desde que você use de forma equilibrada e que realmente agreguem informações ao texto.

Não exagere no número de slides

Se a sua apresentação vai durar 20 minutos, você pode colocar o limite de 20 slides.

Se você tiver mais slides, terá menos de 1 minuto para falar sobre cada um.

Isso pode deixar sua apresentação com cara de mal planejada ou muito apressada.

Coloque as referências dos textos que você usou nos slides

Bom, a banca já leu seu trabalho e já teve acesso às referências que você utilizou. Você não vai precisar fazer slides com todas as referências do trabalho.

Então, reserve o último slide para colocar as referências dos textos que você usou para fazer a apresentação.

Ordem dos slides

Dito isso, aqui está nossa sugestão de ordem para os slides:

Apresentação

Seu primeiro slide deve conter o título do trabalho, seu nome e o nome do seu orientador. Você também pode acrescentar o nome da instituição de ensino.

Introdução

Em seguida, utilize o slide para justificar o que te levou a escolher o tema. Conte, por exemplo, sobre uma conversa, uma situação que você viveu ou um livro que você leu.

Em seguida, explique quais os objetivos do trabalho, a metodologia e de que forma conduziu sua pesquisa.

Desenvolvimento

Os slides do desenvolvimento devem mostrar no que constituiu, em si, o seu trabalho. Evidencie as ações, a abordagem, as mudanças que se fizeram necessárias.

Resultados

Essa é a hora de mostrar quais foram os principais resultados obtidos com sua pesquisa. Para essa parte, tente usar, no máximo, até 3 slides.

Conclusão

Diante dos resultados, sua conclusão deve retomar a ideia central do projeto.

Você também deve esclarecer se os objetivos do estudo foram alcançados. Nesse ponto, caso faça sentido, indique a necessidade de futuras pesquisas e como seu trabalho poderá contribuir com elas.

Não ignore a formatação do TCC

Independentemente da apresentação, lembre-se que você deve obedecer às normas da ABNT.

Existem diversas formas de fazer com que a formatação do seu trabalho não seja um problema.

A primeira delas é: não deixe para formatar ao final do trabalho. Desde o começo configure um arquivo dentro dos padrões. A segunda e a principal forma é contar com a ajuda do Mettzer.

Ao abrir um novo projeto, o Mettzer já prepara a estrutura do trabalho toda pronta, esperando apenas pelo seu conteúdo.

Dessa forma fica praticamente impossível errar a formatação. Além de, é claro, economizar muito tempo.

E não é só isso. O Mettzer também possui um lembrete de metas, salvamento automático e acesso remoto.

Apresentação Geral - Mettzer tcc

Com o Mettzer também é possível fazer orientação à distância e exportar o arquivo em Word e PDF.

Viu? Todo o processo fica muito mais prático e rápido.

Teste já e veja como o Mettzer pode te ajudar!

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

8 comentários em “Aprenda a fazer uma ótima apresentação de TCC”

    • Pior que não serve para colocar bons profissionais no mercado, por isso estamos defasados em todos os setores. Mas só serve para acumular com as provas finais

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.