Uma das etapas mais importantes de um Trabalho de Conclusão de Curso, se não a mais importante, é a pesquisa a ser desenvolvida acerca do tema e problema tratados pela monografia.

A pesquisa tem toda essa relevância dentro do trabalho por um motivo simples: é ela que proporciona a oportunidade do aluno fazer descobertas relevantes para sua área temática e assim escrever um TCC de qualidade.

Em outras palavras, é a pesquisa que impulsiona o progresso do projeto, permitindo que o autor consiga produzir conhecimentos importantes e inseri-los no contexto do trabalho.

E é justamente por essa importância fundamental da pesquisa que a escolha da sua metodologia também merece atenção especial, afinal, é preciso selecionar o tipo de pesquisa adequado para atender às necessidades do trabalho.

Aqui no blog já falamos sobre a metodologia do estudo de caso e agora vamos abordar outra metodologia muito utilizada, que é a pesquisa qualitativa. Acompanhe os próximos parágrafos para saber mais sobre esta técnica de pesquisa e aprender como usá-la no seu TCC.

O que é pesquisa qualitativa

A pesquisa qualitativa é definida como um tipo de investigação voltada para os aspectos qualitativos de uma determinada questão, isto é, que considera a parte subjetiva de um problema ou situação.

Isso quer dizer que ela é capaz de identificar e analisar dados que não podem ser mensurados numericamente. Dentre esses dados, podemos citar alguns exemplos como a observação e análise de sentimentos, percepções, intenções, comportamentos e outros itens de natureza subjetiva.

Devido à essa natureza subjetiva da pesquisa qualitativa, seus resultados não podem ser apresentados através de recursos estatísticos, mas sim através de relatórios que enfocam os pontos de vista dos entrevistados.

Dessa forma, os resultados da pesquisa qualitativa não podem ser obtidos através da simples tabulação de dados quantificáveis.

Como elaborar uma pesquisa qualitativa

Pesquisa qualitativa é basicamente aquela que busca entender um fenômeno específico em profundidade. Para isso, ela apresenta os resultados através de percepções e análises, descrevendo a complexidade do problema e a interação de variáveis.

O primeiro passo para se realizar uma boa pesquisa qualitativa é definir o problema que será analisado de forma muito clara, pois isso é fundamental para garantir que os dados a serem colhidos não sejam enviesados.

Uma pesquisa desta natureza deverá explorar os motivos que levam um indivíduo a fazer alguma ação, a pensar de determinada maneira, a acreditar em algo, entre outras análises subjetivas que só podem ser feitas a partir da interação com participantes.

Por este motivo, a pesquisa qualitativa é mais participativa e menos controlável, pois os participantes da pesquisa podem direcionar seu rumo ao longo de suas interações com o pesquisador.

Deste modo, é importante elaborar um roteiro bem claro para orientar as atividades da pesquisa, evitar desvios de foco e assim garantir que se chegue ao objetivo estabelecido.

Para se atingir os objetivos de uma pesquisa qualitativa, também é importante definir a metodologia que será utilizada e a técnica de coleta de dados.

A metodologia pode ser pesquisa de ação, fenomenologia, estudo de caso, entre outros, e cada método possui uma ou mais técnicas de coleta de dados que podem ser utilizadas, como entrevistas, observação, pesquisa de campo, pesquisa de arquivos, fontes documentais, grupos focais, etc, sendo que o tipo de coleta de dados dependerá da metodologia de pesquisa.

Após coletar os dados, é preciso analisá-los para determinar respostas e teorias para o problema que é objeto da pesquisa. Embora existam diversos métodos de análise de dados, na pesquisa qualitativa todos eles concentram-se na análise textual, sendo que algumas técnicas que podem ser utilizadas são codificação, estatística descritiva, análise narrativa, análise hermenêutica e análise semiótica, por exemplo.

Exemplos de uso da pesquisa qualitativa

Pesquisa qualitativa: veja como fazê-la e por que ela pode ser importante para seu TCC

A pesquisa qualitativa é bastante empregada para gerar possíveis pistas e formular hipóteses que poderão ser comprovadas através de métodos quantitativos.

Por exemplo, vamos supor que seu TCC se proponha a analisar a falta de interesse do cidadão brasileiro pela política.

Neste caso, você poderia utilizar a pesquisa qualitativa para levantar dados relacionados à comportamento, atitudes, sentimentos e percepções dos brasileiros em relação à política.

Depois de analisar os resultados obtidos pela pesquisa qualitativa, você pode criar uma hipótese que justifique a falta de interesse dos brasileiros pela política e testá-la com uma pesquisa quantitativa.

Continuando com nosso exemplo, você poderia formular a hipótese de que “a população brasileira não têm interesse por política por não se sentir representada pelos políticos” e depois verificar, através de uma pesquisa quantitativa, se os brasileiros realmente concordam com esta afirmação, sendo que desta maneira é possível validar ou refutar a hipótese formulada.

Como é possível perceber, a pesquisa qualitativa possui diversas vantagens e sua utilização pode te ajudar a produzir um TCC de maior nível acadêmico.

Para garantir que sua monografia seja nota 10, você pode contar ainda com o auxílio do Mettzer, um editor acadêmico que formata seu trabalho de acordo com as normas ABNT e ainda possui outros recursos vão facilitar sua vida, como lembretes de metas, notificação por e-mail, acesso remoto e orientação online!

Experimente já!

Summary
Article Name
Pesquisa qualitativa: como fazê-la em seu trabalho acadêmico
Description
Aprenda como fazer pesquisa qualitativa para seu trabalho acadêmico, desde entender como estruturar até analisar os resultados. Acesse agora!
Author
Publisher Name
Mettzer