Citação direta: diferença entre citação curta e citação longa nas normas da ABNT

|
Tempo médio de leitura: 7 minutos
()

Postado no dia 03 de maio de 2017. | Atualizado em 04 de janeiro de 2021.

Você sabe a diferença entre citação direta curta e citação direta longa? Aprenda como formatar suas citações diretas nas normas da ABNT com exemplos!


As citações estão no centro de qualquer produção acadêmica. Isso porque as referências bibliográficas garantem confiabilidade e embasamento científico ao trabalho. A citação direta, por consequência, não escapa disso.

O que muitas vezes nos escapa é que há uma diferença substancial na formatação de citações diretas curtas e as citações longas.

Se você ainda não sabe a diferença, tudo bem. Essa é uma dúvida bastante recorrente em estudantes que precisam elaborar citações nas normas da ABNT.

Preparamos esse conteúdo pensando nisso. Confira!

O que é citação?

Em primeiro lugar, é importante saber que a ABNT tem uma definição específica sobre o que é citação.

De acordo com a norma NBR 10520 (2002, p. 1), citação é a “[…] menção de uma informação extraída de outra fonte”, como livros, jornais, revistas, blogs, vídeos, etc.

Você percebeu que, para apresentar a definição de citação de acordo com a ABNT, nós utilizamos uma citação?

Pois é, elas estão em qualquer texto! E dão mais confiabilidade a afirmação. Percebeu?

O foco desse post é sobre o formato de citação direta. Mas nós também temos conteúdo citação indireta, é só clicar no link 🙂

Citação direta

A citação direta é a transcrição exata das palavras do próprio autor. Sem alterações. Não é, portanto, uma tradução de uma ideia. Mas, a utilização da ideia exatamente na íntegra.

Grifo em citação direta

Caso exista algum tipo de gripo no texto original, a transcrição na citação direta deve reproduzir de forma fiel, seguido da expressão “grifo do autor”.

Exemplo:

  • “São velhas e persistentes as teorias que atribuem capacidades específicas inatas a raças ou a outros grupos humanos” (LARAIA, 1986, p. 17, grifo do autor).

Nós também temos um post específico sobre grifo nosso. Você pode acessá-lo a partir do link.

Como você já sabe, existem dois tipos ou formatos de citação direta: a citação direta curta e a citação direta longa. Vamos conversar sobre as características de cada uma delas?

Citação Direta Curta – até 3 linhas

As citações diretas curtas são pedaços copiados integralmente do texto original cuja extensão não ultrapassa três linhas. O tamanho é a principal característica desse tipo de citação.

As citações diretas curtas devem fazer parte do texto. Ou seja, devem ser transcritas ao longo do texto e precisam estar entre aspas.

Vamos aos exemplos:

  • Segundo Anderson (2006, p. 19) “obviamente, essa é a função da economia: ela busca desenvolver modelos simples e facilmente compreensíveis que descrevam os fenômenos do mundo real.”
  • “Obviamente, essa é a função da economia: ela busca desenvolver modelos simples e facilmente compreensíveis que descrevam os fenômenos do mundo real” (ANDERSON, 2006, P. 19).

Exemplo de citação direta curta

- citação direta curta no texto

citação-direta-curta

- Citação direta curta na lista de referências

Além de referenciar ao longo do texto, a referência do texto original deve aparecer na lista de referências bibliográficas. A formatação é igual às outras:

FURASTÉ, Pedro Augusto. Normas técnicas para o trabalho científico: elaboração e formatação. 14. ed. Porto Alegre: [s.n.], 2006.

- Citação direta curta no Mettzer

Dentro do nosso editor, as citações são formatadas automaticamente nas normas da ABNT. Veja como é fácil fazer:

Citação direta curta no mettzer

Citação direta longa

Por outro lado, a citação direta longa é a transcrição de trechos maiores do texto original. O texto transcrito deve ter mais de 3 linhas.

Além disso, a formatação da citação direta longa é diferente: ela deve ser destacada com recuo de 4 cm, tamanho da fonte 10 e não utilizar aspas. O espaçamento dentre as linhas deve ser simples. Deve-se deixar um espaço de 1,5 entre o restante do texto e a citação. O alinhamento deve ser justificado.

Ao final da citação, deve-se acrescentar o sobrenome do autor em letras maiúsculas, ano e página.

Um detalhe: indica-se com reticências entre colchetes [...] a supressão de alguma parte do texto original. Os comentários ou observações também devem ser feitos entre colchetes.

Mas fique atento! O uso excessivo de citações diretas longas prejudica a leitura do texto. Além do mais, passa a impressão de que as ideias estão sendo apenas copiadas e não desenvolvidas e construídas.

Exemplo de citação direta longa

-  Citação direta longa no texto

citação direta longa

- Citação direta longa na lista de referências

Assim como as citações diretas curtas, as referências das citações diretas longas também devem ser incluídas na lista de referências bibliográficas.

Por exemplo:

CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração: uma visão abrangente da moderna administração das organizações. 7. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2004. 634 p.

- Citação direta longa no Mettzer

citação direta longa no mettzer

citação direta no Sistema numérico e sistema autor-data

De fato, as citações e as referências bibliográficas andam juntas.

Por isso, é importante saber qual é o sistema de referências bibliográficas que a sua instituição de ensino exige para a elaboração dos trabalhos acadêmicos.

Desta forma, quando as referências estão organizadas no sistema Autor-data, elas são listadas no final do trabalho numa seção especial, em ordem alfabética, orientadas pelo sobrenome dos autores ou título da obra.

Neste sistema, a citação direta irá constar o nome do autor, página e a data de publicação da obra, por exemplo, numa citação direta, “Autor (2015, p. 34)” ou simplesmente “(AUTOR, 2015, p. 34)”.

Já no sistema numérico, por outro lado, as referências são listadas de acordo com a sua ordem de aparição no texto, ou seja, na ordem em que você fizer as citações.

Por isso, as referências no sistema numérico poderão ser listadas no final de cada página, de cada seção ou de forma completa no final do trabalho.

Neste caso, para identificar a citação utiliza-se apenas números arábicos (1,2,3...).

A citação ficaria da seguinte maneira: Segundo o Autor¹ “Fazer TCC é muito importante”.

Como utilizar as citações diretas nas Normas ABNT?

Em resumo, na criação de qualquer trabalho acadêmico, incluindo o de conclusão do curso, a monografia ou uma dissertação, a parte teórica deverá ser desenvolvida com base em textos de outros autores. Quer dizer: as ideias do trabalho são construídas a partir de ideias que já foram escritas por outros autores.

Essa metodologia, como foi dito, garante cientificidade e qualidade técnica ao trabalho. Você pode ler mais sobre produção científica aqui.

Deste modo, as citações servem para apoiar uma hipótese, ilustrar um raciocínio, esclarecer e dar suporte teórico aos assuntos abordados no trabalho.

Mas é importante ter atenção. Ao utilizar as ideias de outros autores, é necessário construir uma conversa entre eles. Deve-se evitar criar uma “colcha de retalhos”, copiando informações de qualquer maneira, que não conversam entre si.

Em outras palavras, busque criar uma estrutura lógica e compreensível entre as ideias dos autores citados.

Como fazer citações diretas de forma automática com o Mettzer

O Mettzer facilita muito a vida dos estudantes e professores. Com as citações não é diferente!

Como você pode ver, no caso de uma citação direta curta, você precisa apenas digitar o conteúdo e colocar o conteúdo entre aspas.

Já em uma citação  longa, basta você digitar o conteúdo no Mettzer, selecioná-lo e indicar no menu principal que aquele parágrafo é uma citação longa. O editor formata o texto para você. Em outros editores, você precisa fazer formatações especiais que podem confundir bastante.

Em ambos os casos, a referência pode ser adicionada ali mesmo, basta clicar no menu “adicionar referência na citação” que aparece sempre quando você terminar de digitar.

É tudo muito simples, basta seguir o passo a passo.

referências bibliográficas no mettzer

Ao final, a referência aparece formatada no texto e também na lista de referências bibliográficas, já em ordem alfabética.

Faça um teste gratuito agora mesmo e comprove como é bom ter o Mettzer para te ajudar!

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação / 5. Número de votos:

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

9 comentários em “Citação direta: diferença entre citação curta e citação longa nas normas da ABNT”

  1. Bom dia! Como vão? Gostaria de saber como devo estruturar o texto caso a citação direta seja muito longa e inclua uma série de parágrafos. O certo é pular uma linha e iniciar uma nova citação para cada um deles? Gostaria de aproveitar a a oportunidade para perguntar-lhes se a ABNT possui uma regra sobre a formatação de títulos primários, secundários, terciários, quaternários, etc. Desde já, muito obrigado pela atenção! Aguardo resposta.

    Responder
  2. Bom dia! Como vão? Gostaria de saber como devo estruturar o texto caso a citação direta seja muito longa e inclua uma série de parágrafos. O certo é pular uma linha e iniciar uma nova citação para cada um deles Desde já, muito obrigado pela atenção!

    Responder
    • Oi Morison, tudo bem?

      Sempre que uma citação direta, tiver mais que 4 linhas ela deve ir para recuo.

      Você pode colar todo o conteúdo que precisar e não precisa pular linhas, basta colar o texto. Mas deve seguir a pontuação e sempre que existir um novo parágrafo pode usar o recuo no início dele.

      Espero ter ajudado.

      Abraços

      Responder
  3. Bom dia!

    Tenho uma dúvida quanto às citações diretas curtas: esse limite de até três linhas corresponde a linhas “cheias”, ou a qualquer citação que se encontre em três linhas diferentes do texto, independente do espaço ocupado?
    Por exemplo, uma citação que começa no finalzinho da primeira linha, pega as duas linhas seguintes inteiras, e termina no comecinho da quarta linha, conta como citação direta curta ou longa?
    Sei que é confuso, mas talvez só com um print pra explicar melhor.
    Fico com essa confusão porque, se formos levar ao pé da letra, este exemplo que dei está ocupando quatro linhas. Mas se somarmos os trechos da primeira e da quarta linha, não chega a completar uma linha inteira, então ainda estaria dentro do limite de três linhas.
    Não consigo encontrar respostas quanto a essa dúvida.

    Se for possível entender a minha pergunta e respondê-la, ficarei muito feliz.
    E, desde já, grato pela atenção e pelo trabalho de vocês!

    Responder
    • Oi Péricles, tudo bem?

      Isso sempre gera dúvida. Você pode sempre levar em consideração 3 linhas cheias. Sempre compare com 3 linhas escritas inteiras no início ao final.

      Se passar disso, será uma citação direta longa e deve ganhar o recuo.

      Espero ter ajudado.

      Abraços

      Responder
    • Oi Beatriz, tudo bem?

      Todas referências devem ir na lista de referências ao final do seu trabalho.

      Não precisa sem inserido no rodapé.

      Espero ter ajudado.
      Abraços

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.