Como usar descritores para otimizar sua pesquisa por artigos em bases de dados?

0
(0)

Qual é a melhor forma de fazer pesquisa de artigos em bases de dados para seu referencial teórico? Os descritores podem ser uma resposta interessante para essa questão.

Afinal de contas, o problema maior é escolher quais palavras-chave escolher para otimizar os resultados.

Se você está nessa fase do trabalho, é bom ficar por dentro do que significa isso 🙂

O que são descritores?

Os descritores são termos padronizados por pesquisadores para identificar temas de artigos científicos. Ou seja: são palavras-chave determinadas a partir de critérios para indexar artigos.

Isso significa que quando autores submetem artigos às revistas devem seguir critérios definidos para estipular as palavras-chave.

Nesse contexto, artigos de um tema X só vão ser indexados nas bases de dados pelos descritores X. No mesmo sentido, na hora da pesquisa, pesquisadores devem utilizar os descritores X para encontrar artigos sobre o tema X. Entendeu?

A partir disso, existe uma espécie de dicionário com os descritores, para que todas as pessoas pesquisadoras façam buscas com os mesmos termos. Então, você sabe qual palavra-chave se relaciona a cada assunto de pesquisa.

Mas nem todas as bases de dados utilizam descritores. Muitas usam apenas palavras-chaves aleatórias. Nesse caso, existe o risco de a palavra-chave indexada pelo autor ou autora ser diferente das palavras-chaves pesquisadas.

De forma geral, as revistas das Ciências da Saúde e da Educação utilizam descritores. Por exemplo, a base de dados da PubMed e da ERIC.

Descritores é a mesma coisa que palavras-chave?

Os descritores não deixam de ser uma espécie de palavra-chave. No entanto, são palavras-chaves definidas a partir de critérios específicos.

As palavras-chave, de forma geral, podem ser apenas um termo simples ou uma expressão que pesquisadores usam no momento da busca por artigos. As palavras-chaves de cada artigo são definidas livremente pelos autores no momento da submissão do artigo à revista.

Mesmo assim, a escolha de usar palavras-chave ou descritores não é muito aleatória. Sempre vai depender da sua área de conhecimento e das bases de dados que você precisa utilizar para buscar artigos.

Descritores em Ciências da Saúde – DeCS

Um exemplo de descritores é o DeCs – Descritores em Ciências da Saúde, que é um vocabulário estruturado e multilíngue.

O DeCS serve para pesquisa e recuperação de assuntos nas fontes de informação da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), como LILACS e MEDLINE.

O objetivo principal da criação do DeCS foi permitir o uso de terminologias comuns para pesquisas em vários idiomas. Construiu-se, portanto, um meio consistente e único para desenvolver pesquisas.

De forma geral, o DeCS compreende conceitos de uma estrutura hierárquica, que permite que se façam pesquisas em termos mais amplos ou mais específicos.

No total, o DeCS tem 34.294 descritores e 77 qualificadores. Dentre esses descritores, 4.378 são exclusivos do DeCS e possuem 7.859 códigos hierárquicos. As categorias do DeCS são: Ciência e Saúde, Homeopatia, Saúde Pública e Vigilância Sanitária.

Qual é a importância para as pesquisas científicas?

Os descritores servem como uma linguagem única na indexação de artigos de revistas científicas, livros, anais de congressos, relatórios e todos os tipos de fontes de pesquisa.

Então, eles funcionam principalmente para padronizar as palavras-chaves que organizam os artigos. Nesse sentido, em qualquer tipo de pesquisa, não há o risco de pesquisadores não encontrarem bibliografias por usar um termo diferente na busca.

Ao contrário disso, os descritores padronizam a classificação de artigos. O que pode facilitar muuuuito o processo de busca por bibliografias.

Formatação automática de trabalhos nas normas da ABNT

De todo modo, você não pode esquecer de formatar seu trabalho nas normas da ABNT. Mas nisso, a Mettzer pode te ajudar.

O Mettzer é o melhor editor de texto do mercado, que formata, de forma automática, qualquer trabalho nas normas ABNT e nas normas APA.

Apresentação Geral - Mettzer

Assim, você ganha tempo e tranquilidade e pode se dedicar exclusivamente à pesquisa.

Se interessou? Faça um teste gratuito agora mesmo.

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Junte-se aos mais de 750 mil estudantes que usam o Mettzer todos os dias

Das anotações de aulas até a tese de doutorado

Você nem precisa cadastrar o cartão para testar!

Contato


Parque Tecnológico Alfa – módulo 10, SC-401 – João Paulo, Florianópolis – SC, 88030-000
suporte@mettzer.com

Recursos



A plataforma que ajuda estudantes, pesquisadores e universidades a desenvolver pesquisas e trabalhos acadêmicos.