E aí, você está pensando em fazer um intercâmbio?

compartilhe

Entenda o que é, quais são os tipos de programas e como funciona o processo de fazer um intercâmbio.


Se você chegou até aqui, imagino que já saiba da importância de se planejar direitinho para fazer seu intercâmbio. Certo?

Apesar de existir bastante ansiedade, você precisa conhecer os tipos de programas para ver qual se encaixa melhor nas suas necessidades e possibilidades.

Já viu que não dá pra ficar fora desse assunto né?

Só assim você vai poder decidir o melhor caminho e saber como fazer para se planejar.

Vou te ajudar nisso. Vamos lá 🙂

O que é intercâmbio?

Pois bem. O intercâmbio é uma experiência de vivência, por um período de tempo, em outro país para alguns objetivos específicos.

Em outras palavras, é uma experiência fora do Brasil, para aprender outro idioma, fazer algum curso ou trabalhar.

De forma geral, os objetivos dos intercâmbios referem-se principalmente a ampliar conhecimentos e obter mais oportunidades.

Isso porque, ao viver, estudar e trabalhar no exterior, é possível aprender outro idioma de forma muito mais rápida e conhecer os hábitos e cultura local.

Tipos de intercâmbio

Existem alguns tipos diferentes de programas de intercâmbio. A diferença está, em resumo, no objetivo principal da viagem.

Curso de idioma

Nem preciso falar sobre a importância de aprender novos idiomas, né?

É por isso que o tipo mais comum de intercâmbio são as viagens para fazer um curso de idioma.

Os cursos desse tipo são bastante flexíveis. Podem durar, de forma geral, entre 3 e 6 meses e não exigem pré-requisitos.

Nesse caso, é importante que as pessoas se certifiquem que estão matriculados em uma turma de seu nível de fluência e verifiquem qual será o tempo de disponibilidade para estudar o idioma.

Uma pessoa que vai sair do zero e que tem pouco tempo disponível, por exemplo, precisa alinhar as expectativas nesse sentido.

Intercâmbio acadêmico

O intercâmbio acadêmico são os programas de mobilidade para estudar em uma universidade de outro país. Ou seja: é o tipo de intercâmbio que permite que as pessoas frequentem uma universidade estrangeira.

Um bom começo para quem quer fazer um intercâmbio desse tipo é verificar os acordos de cooperação nas áreas acadêmicas e científicas que as universidades têm com instituições de ensino superior estrangeiras.

Essas parcerias são boas opções para aproveitar os créditos da disciplinas e diminuir o tempo de curso.

Se não existirem parcerias, também é possível fazer de outra forma, através de agências de intercâmbio e diretamente com as universidades.

Nos sites das instituições de ensino é possível conferir as opções de programas para alunos estrangeiros e quais as instruções para se inscrever.

Nesse ponto, quanto melhor o histórico escolar, maiores as chances de a pessoa ser aceita pela universidade.

Intercâmbio voluntário

Bom, o intercâmbio voluntário tem duas características principais. Envolver-se com diferentes culturas enquanto realiza-se uma boa ação em um outro país.

Como consequência disso, desenvolver competências e habilidades pessoais. Parece incrível né?

Afinal de contas, sempre que atuamos em prol de uma causa social, deixamos coisas nos locais, mas principalmente trazemos de voltas inúmeros aprendizados que essa troca proporciona.

O intercâmbio voluntário é assim. Pessoas de diferentes lugares viajam para trabalhar em causas sociais e ambientais em lugares com vulnerabilidades sociais e econômica.

Com trabalho remunerado

Você quer fazer um intercâmbio, mas não tem dinheiro suficiente para se sustentar nesse período?

Então, trabalhar durante o período de intercâmbio é uma oportunidade para algumas pessoas. Para outras, pode ser uma necessidade.

O trabalho pode ser uma forma essencial para se integrar à cultura do país. E também é um jeito de ganhar dinheiro para possibilitar a experiência desse tempo.

Existem diversas opções de trabalho para quem precisa ou para quem quer essa experiência. O trabalho pode ser fixo ou temporário, em período integral ou meio período, pode ser freelance, estagio profissional e au pair.

Tudo vai depender das qualificações da pessoa, do nível do idioma, além das oportunidades disponíveis.

Alguns países permitem que as pessoas trabalhem e estudem durante um intercâmbio. É o caso da Austrália, Irlanda, Malta e Nova Zelândia.

Antes de mais nada, é importante verificar as legislações específicas sobre o trabalho no país.

Como funciona o processo de fazer intercâmbio?

Para se planejar para fazer um intercâmbio, é interessante seguir os seguintes passos:

  1. Definir qual é o objetivo do seu intercâmbio.
  2. A partir do objetivo, definir qual será o tipo de programa que você precisa.
  3. Procurar ajuda de pessoas que já fizeram esse tipo de intercâmbio antes.
  4. Definir o destino da viagem.
  5. Se possível, contar com ajuda profissional de alguma empresa ou agência de intercâmbios.
  6. Verificar os custos necessários para a viagem: de passagem até acomodação e alimentação.
  7. Pronto! Depois que você já tiver o dinheiro necessário para cobrir os custos da viagem, é só colocar a mão na massa 🙂

Quanto custa um intercâmbio?

O custo de um intercâmbio varia de acordo com o tipo de programa. Você deve estabelecer um orçamento para cada necessidade desse período e ter em mente o que vai ser necessário em cada aspecto.

Comprar passagens, organizar os processos do visto, encontrar uma acomodação adequada, verificar custos de alimentação… Enfim, a lista deve compreender todos esses itens.

Nessa história toda, vale uma regra de ouro: quanto antes, melhor. No ano que vem, você vai gostar de ter começado hoje.

Ainda que o objetivo pareça distante e que pareça que vai levar muito tempo, quanto antes você começar a se planejar e a poupar dinheiro, melhor.

Você também pode procurar algumas fontes de financiamento. Existem diversas organizações – inclusive as próprias instituições de ensino e governo – que oferecem bolsas de estudos. Algumas competições dão viagens ou cursos como prêmios.

Você também pode buscar opções que auxiliam no custo da viagem, como, por exemplo, acomodações gratuitas ou em troca de algum tipo de trabalho.

O significado de intercâmbio para a vida acadêmica

Seja qual for o destino da viagem, os benefícios de um intercâmbio para as pessoas universitárias são muitos.

Em primeiro lugar, não há dúvidas de que trabalhar ou estudar fora é um diferencial para todos os currículos. Tanto Currículo Lattes quanto Curriculum Vitae.

Todas as pessoas recrutadoras valorizam cargos em organizações internacionais, empresas multinacionais ou disciplinas em universidades estrangeiras.

Além do mais, as experiências em outros países é a forma mais eficiente e rápida de aprender ou melhorar um idioma. Afinal de contas, você vai ter contato integral com o a língua estrangeira.

Mas ainda existem outros benefícios menos óbvios, que se referem especialmente aos relacionamentos e a vivência em outro país.

Isso porque a oportunidade de conhecer novas culturas, ampliar o networking, fazer amigos novos, conhecer o funcionamento das instituições estrangeiras e se relacionar com pessoas do mundo é uma experiência transformadora.

Todos esses benefícios são um grande diferencial para a vida acadêmica e para a carreira profissional.

A Mettzer é a melhor amiga da sua vida acadêmica

Antes de me despedir, quero te apresentar a melhor amiga da sua vida acadêmica. Que pode, inclusive, te acompanhar por todos os seus intercâmbios.

A Mettzer tem o melhor editor de texto do mercado, que formata de forma automatizada qualquer trabalho nas normas ABNT: desde a capa até às referências bibliográficas.

Isso porque você não pode esquecer que, independentemente do tipo de produção – seja um TCC, uma monografiadissertação e até tese e da área do conhecimento, você deve respeitar as normas da ABNT e normas APA.

E a melhor parte: você pode acessar nosso editor de texto de qualquer lugar do mundo. Basta acessar com seu usuário e senha e seus trabalhos estarão disponíveis com todas as alterações. Incrível né?

Se você seguir as regras, seu trabalho vai ficar pronto pra publicar. Mas o tanto de trabalho que dá né?

A boa notícia é que você não precisa passar por isso. Use a tecnologia a seu favor: nós podemos te ajudar 🙂

Apresentação Geral - Mettzer

Assim, você ganha tempo e tranquilidade e pode se dedicar exclusivamente ao conteúdo do seu trabalho.

Se interessou? Faça um teste gratuito por 7 dias.

Como referenciar esse post

COELHO, Beatriz. E aí, você está pensando em fazer um intercâmbio?. Blog da Mettzer. Florianópolis, 2022. Disponível em: http://blog.mettzer.com/intercambio. Acesso em: 16 mar. 2022.

compartilhe

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Teste agora nosso editor que formata trabalhos nas Normas da ABNT e APA

Modelos customizáveis de acordo com sua universidade