Glossário: você quer aprender a fazer em seu trabalho acadêmico?

5
(3)

O glossário é um tipo de dicionário de palavras pouco conhecidas. Esse é um post para te explicar como você deve fazer em seu trabalho.


Assim como as citações e as referências bibliográficas, o glossário é um item fundamental do trabalhos acadêmicos e também deve seguir as normas da ABNT.

Então, se você precisa fazer um glossário em seu trabalho, busca seu café e vem comigo. Esse post é para explicar como você deve fazer.  Eu também trouxe alguns exemplos. Vem conferir 🙂

O QUE É UM GLOSSÁRIO?

O primeiro passo é compreender o que é um glossário, para verificar se você realmente vai precisar de um em seu trabalho acadêmico.

Vamos lá. O glossário é uma espécie de dicionário de palavras não tão conhecidas, seja porque são palavras de uso técnico ou porque são palavras regionais e de outro idioma.

Então, de forma geral, o glossário serve para explicar o significado de alguns termos que, por algum motivo, o leitor ou leitora pode não conhecer.

Ou seja: nos glossários podem aparecer palavras que são conhecidas apenas por pessoas familiarizadas com a área de conhecimento. É o que se denomina de palavra de uso técnico. Como, por exemplo, termos médicos ou jurídicos.

Também podem aparecer  significados de palavras que apenas determinada região geográfica utiliza, como tradução de outros idiomas e explicação de termos regionais. Ou então significados de neologismos e palavras antigas – que foram extintas.

Qual é a importância de fazer um glossário?

O glossário é um elemento obrigatório no TCC. Isso quer dizer que você deve verificar se há a necessidade ou não de fazê-lo.

De forma geral, os glossários são itens fundamentais nos trabalhos científicos por dois motivos: em primeiro lugar, identifica a interpretação do autor ou da autora em relação a alguns conceitos. Isso ajuda a compreender o direcionamento da pesquisa.

Além do mais, em segundo lugar, garante que outras pessoas – de outras áreas e de outros níveis de escolaridade – compreendam a pesquisa com certa autonomia. Ou seja: é um item fundamental para se pensar em democratizar a ciência.

Como fazer um glossário?

Se você já entendeu o que é um glossário, talvez esteja se perguntando “como fazer um bom glossário?”

Antes de mais nada, eu preciso deixar claro que não existe uma única forma de fazer ou um único modelo. Na verdade, existem muitos formatos diferentes.

Então, você pode construir o seu glossário para atender às necessidades de sua pesquisa. Também não deixe de conferir as normas da universidade, para verificar se existe alguma exigência específica, ok?

Aqui estão nossas dicas:

Preste atenção na localização

O glossário é um elemento pós-textual nos trabalhos acadêmicos. Isto é, vem depois do elemento textual, que é a descrição da pesquisa em si. 

Então, em regra, o glossário aparece depois das referências bibliográficas e antes dos apêndices e anexos. Exceto se a universidade tem alguma norma específica que estabeleça uma localização diversa.

Liste os termos em ordem alfabética

Outra regra é que deve-se listar as palavras em ordem alfabética, seguindo com o significado do termo. Não pela ordem em que as palavras aparecem no texto.

Faça uma boa seleção dos termos

Não perca de vista qual é a finalidade do glossário. Sendo assim, você deve selecionar apenas termos importantes, que não tenham sido explicados no texto e que não sejam conhecidos para um público em geral.

Seja assertivo e claro

O significado das palavras deve ser bastante assertivo e claro. Seja o mais objetivo possível.

Explique os termos com base em fatos

Você explicar os termos, a partir de fatos concretos. Não é o momento de tecer comentários pessoais.

Revise o texto

Ao final, revise todo o texto e verifique se algum termo que precisa de explicação ficou de fora.

Utilize apenas fontes confiáveis

Nesse ponto do trabalho, talvez eu nem precisasse mais te dizer. De qualquer forma, assim como em todo o trabalho, ao construir os textos de significados dos termos, use apenas fontes de pesquisa confiáveis, para garantir a credibilidade e qualidade técnica de seu trabalho.

Preste atenção às normas da ABNT

Assim como os demais elementos do trabalho, o glossário também deve seguir às regras da ABNT.

De forma geral, a formatação é a seguinte:

  • O texto e o título devem ser em fonte Arial ou Times New Roman, no tamanho 12;
  • Título em letras maiúsculas, com alinhamento centralizado e destaque em negrito;
  • A palavra e o respectivo significado devem ser divididos em duas colunas, com espaçamento 1,5 e alinhamento à esquerda, sem destaque.

Exemplo de glossário

Para te ajudar, aqui está um exemplo de glossário, desenvolvido dentro do Mettzer:

Exemplo de glossário

COMO FAZER GLOSSÁRIO NO METTZER?

Depois de tantos detalhes, eu tenho uma boa notícia para te dar.

Se você precisar de ajudar nesse percurso, pode contar com o Mettzer.

O Mettzer é um editor de textos que formata, de forma automática, todo seu trabalho nas normas da ABNT.

Dentro do Mettzer, o glossário já está na formatação correta. Basta você adicionar as expressões.

Ao final, não esqueça de clicar em “ordenar” para colocar os termos em ordem alfabética.

Veja como é simples:

Glossário no Mettzer

Agora ficou simples, viu?

Faça um teste gratuito e experimente o Mettzer por 7 dias!

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Compartilhe

Conteúdos relacionados:

Conteúdos relacionados:

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.