Pesquisa bibliográfica: material completo com 5 dicas fundamentais

Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 5 minutos

Qualquer tipo de pesquisa científica ou trabalho acadêmico se inicia a partir de uma boa pesquisa bibliográfica, veja o material completo.


Conceito de pesquisa bibliográfica

A pesquisa bibliográfica é um procedimento exclusivamente teórico, compreendida como a junção, ou reunião, do que se tem falado sobre determinado tema.

Como ensina Fonseca (2002, p. 32) a pesquisa bibliográfica é feita a partir do levantamento de referências teóricas já analisadas, e publicadas por meios escritos e eletrônicos, como livros, artigos científicos, páginas de web sites.

Por isso, qualquer trabalho científico deve ser iniciado com uma pesquisa bibliográfica.

Este passo inicial permite ao pesquisador conhecer o que já se estudou sobre o assunto.

Entretanto, existem pesquisas científicas que se baseiam unicamente na pesquisa bibliográfica, procurando referências teóricas publicadas com o objetivo de recolher informações ou conhecimentos prévios sobre o problema a respeito do qual se procura a resposta (FONSECA, 2002, p. 32).

Assim, a pesquisa bibliográfica, para Gil (2007, p. 44) tem como principais exemplos as investigações sobre ideologias ou aquelas que se propõem à análise das diversas posições acerca de um problema.

Como fazer pesquisa bibliográfica

Inicialmente você deverá definir o que pretende encontrar, isto é, delimitar o objeto da sua pesquisa.

Na sequência, definindo qual é o seu objetivo geral e objetivos específicos, você poderá estabelecer palavras-chave que facilitarão a busca, especialmente eletrônica.

Tendo em vista que os sistemas de buscas funcionam por palavras-chaves, definir quais serão essas palavras fará com que você encontre de forma mais rápida e fácil o referencial teórico necessário.

Entretanto, essas palavras não precisam ser limitantes, ou seja, elas podem ser alteradas/melhoradas no decorrer.

Assim, durante as pesquisas o ideal é que você tenha os registros e informações, por meio de anotações e fichamentos para que seja fácil de encontra-los.

Como as pesquisas de TCC costumam ser longas, é comum que, perto do final, não lembrarmos mais com exatidão quais os passos seguimos no começo.

5 dicas fundamentais para uma pesquisa bibliográfica no TCC

1. Busque materiais atuais

Tanto para conhecer melhor o seu tema, ou mesmo para enriquecer as suas fontes de pesquisa é importante buscar pelos materiais atuais, até mesmo notícias.

Tendo em vista que essas pesquisas costumam levar mais de meses, pode ser que, ao final, já não tenhamos tanto com contato com as novidades. O que importante para o tema não ficar obsoleto.

Porém, é importante consultar fontes de veículos de ampla circulação cujas informações possam ser verificadas de outra forma. Por isso, dados de agências governamentais e páginas como a do IBGE pode ajudar a validar sua pesquisa.

2. Tenha um foco claro

O foco da sua pesquisa bibliográfica pode ser tanto um tema, quanto um autor ou autora específico, nos moldes de uma revisão bibliográfica.

É praticamente impossível fazer um trabalho acadêmico “do nada”, ou completamente inédito. Isto porque todos eles precisam ser baseados nas descobertas feitas por pesquisadores anteriores.

Por isso, livros e publicações científicas pode ser uma boa forma de encontrar outras referências para expandir sua pesquisa.

3. Diversifique suas fontes

Com o advento da internet ficou muito mais fácil encontrar fontes de qualidade, não só online, mas também físicas.

Os sistemas integrados de bibliotecas auxiliam muito nisso, porque você pode encontrar o que precisa sem se deslocar.

É importante que, na produção de uma pesquisa bibliográfica, as fontes “conversem” no texto.

Ou seja, de nada adianta encher uma página de citações de autoria única, e encher a próxima página com outra autoria. O texto deve ser articulado, e os autores, complementares.

Preste bastante atenção também nas regras de referências, já que a sua lista delas ao final será bastante extensa.

4. Consulte trabalhos anteriores sobre o tema

Outros trabalhos produzidos com temas similares também podem auxiliar a busca de referências.

Possivelmente estes trabalhos também estão baseados em teóricos com propostas similares. Para tanto, você pode consultar nas bibliotecas de universidades, que geralmente estão em formato PDF online e gratuitos.

5. Organize o seu material

Escolha uma forma de gerir todos os materiais que você terá contato.

Você pode criar pastas separadas por tema, por data ou por fonte, por exemplo.

Além disso, no processo de produção será importante que você tenha um ambiente virtual seguro para não perder o seu trabalho, como uma nuvem, por exemplo.

Neste sentido, o Mettzer é o editor perfeito que, além de formatar automaticamente o seu trabalho nas normas da ABNT, também deixa ele seguro em uma nuvem online para acessar em qualquer lugar.

Lembre-se de sempre anotar o nome do autor, da obra, o ano da publicação e a página em que você encontrou uma citação.

Pesquisa bibliográfica qualitativa e quantitativa

Por ser um procedimento, a pesquisa bibliográfica pode ter abordagem tanto quantitativa quanto qualitativa, ou acompanhar qualquer outro tipo de pesquisa

Por meio da utilização da pesquisa quantitativa é possível mensurar e quantificar as respostas dos para obter dados que vão confirmar ou contestar as hipóteses iniciais.

Neste caso, o problema de pesquisa deve abarcar uma análise prévia à pesquisa de campo, que será bibliográfica.

Já, as pesquisas qualitativas buscam explicar o porquê das coisas. Para não quantificam os valores e as trocas simbólicas, ou se submetem à prova de fatos.

Então, os dados analisados são não-métricos, podendo se valer de diferentes abordagens.

Fontes primárias, secundárias e terciárias da pesquisa bibliográfica

A hierarquia de fontes é importante para entender o conteúdo da sua pesquisa bibliográfica.

Assim, as fontes secundárias são aquelas com informações que já foram apresentadas em outro lugar.

Por isso, já passaram por algum tipo de análise, então, você fará, em tese, a “segunda análise”.

Diferentemente das fontes primárias, que não sofreram nenhuma alteração ou análise e são uma fonte original, mas também podem ser utilizadas como auxílio ou consulta.

Por fim, as fontes terciárias se formam por uma junção e compilado das fontes secundárias e primárias. Veja os exemplos:

Exemplo de fontes secundárias

  • Livros;
  • Matérias de jornais ou revistas;
  • Artigos;
  • Documentos;
  • Sites, desde que sejam confiáveis;
  • Entre outros.

Exemplo de fontes primárias

  • Diários;
  • Correspondências;
  • Registros privados e públicos;
  • Entre outros.

Exemplos de fontes terciárias

Bibliografias que são criadas a partir de um conteúdo totalmente original, a história de vida de alguém e que para tal se utiliza de uma fonte e conteúdos secundários.

Formatação da pesquisa bibliográfica nas normas da ABNT

Para que sua pesquisa esteja de acordo com as normas da ABNT, é preciso se atentar para alguns detalhes fundamentais.

Muitas dúvidas com relação à formatação podem surgir durante o processo de produção de seu trabalho.

Para isso existe o Mettzer, que te dá a garantia da entrega de uma pesquisa inteiramente de acordo com o que é exigido pelas normas.

Acesse e descubra como é fácil usar esse editor revolucionário que formata automaticamente qualquer trabalho nas normas da ABNT.

Referências

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002. Apostila.
GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2007.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.