Pós-Doutorado (pós-doc): o que é, quais os requisitos e como fazer

Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 6 minutos

O pós-doutorado é um estágio de estudos e pesquisas cumprido, por um portador do título de doutor.


O que é pós-doutorado?

Pós-doutorado ou pós-doutoramento, coloquialmente chamado postdoc (redução do inglês post-doctoral ou postdoctorate) ou pós-doc, refere-se a um estágio de estudos e pesquisas cumprido após o doutorado.

Ou seja, se deve ser doutor ou doutora no âmbito de uma universidade ou instituição de pesquisa, visando o aprimoramento de suas habilidades de pesquisador e preparando-o para uma carreira acadêmica.

Assim, é um estágio realizado por recém-doutores com menos de 10 anos desde a defesa de tese.
Nesse estágio, o recém-doutor irá aprofundar os seus conhecimentos em um determinado tema de pesquisa.

O período de duração varia de país para país, podendo ser de 6 meses a 6 anos. No Canadá e na Suécia, o limite é de cinco anos. Já nos Estados Unidos, não há limite. No Brasil, o prazo, a depender do órgão financiador, varia de um a 48 meses, enquanto, em Portugal, pode chegar a 6 anos.

Sendo que, no Brasil o período pode ser de, no máximo, 2 anos, de acordo com as bolsas do Programa Nacional de Pós Doutorado/PNPD da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior/CAPES.

No pós-doutorado não há necessidade de cursar disciplinas ou defender algum tipo de tese. Ele está voltado exclusivamente à pesquisa.

Diferenças entre pós-doutorado e pós-graduação lato e stricto

Ao contrário da pós-graduação (especialização stricto sensu, mestrado e doutorado), o estágio pós-doutoral não corresponde a um grau acadêmico.

Em outras palavras, não existe o título de pós-doutor.

Porquanto o pesquisador não precisa cursar disciplinas ou submeter-se a algum tipo exame, embora, normalmente, deva apresentar relatórios periódicos de andamento do seu trabalho à entidade que o financia.

Ademais, é desejável que os resultados desse trabalho possam ser publicados, na forma de artigos científicos, em periódicos acadêmicos indexados.

Assim, o postdoc irá desenvolver uma pesquisa aplicada e, em alguns locais, este pesquisador, que passará a ser chamado de estudante de pós-doutoramento, será, por exemplo, convidado a dar cursos, palestras e orientar ou co-orientar alunos de mestrado e doutorado. Obviamente que isso poderá variar de país para país e até mesmo de universidade para universidade.

Portanto, deve-se aproveitar o pós-doutorado para aprofundar os conhecimentos científicos, orientar alunos e desenvolver e praticar a elaboração de projetos que possam financiar não só a sua própria pesquisa, mas também do grupo em que ele está inserido.

Diferença entre Doutorado, Pós-doutorado e PHD

diferença entre doutorado, pós-doutorado e phd

Orientação de pós-doutorado

Também não há a figura de orientação, mas sim de supervisão com uma maior experiência acadêmico-científica.

Este supervisor, também doutor, porém com maior experiência acadêmico-científica, deverá acompanhar o pesquisador postdoc no andamento de sua pesquisa.

Entretanto, algumas vezes os pós-doutorandos ficam limitados a organizar relatórios, a redigir manuscritos que estavam a longos anos parados, em atividades apenas administrativas, mas essa não é a regra.

Regulamentação de Pós-Doutorado no Exterior (PDE) pela RN 029/2012

Finalidade do pós-doutorado

De acordo com a RN , a finalidade do pós-doc é possibilitar ao pesquisador a capacitação e atualização de seus conhecimentos por meio de estágio e desenvolvimento de projeto com conteúdo científico ou tecnológico inovador, neste caso, em instituição no exterior.

Requisitos e Condições

Para o candidato

a) possuir o título de doutor quando da implementação da bolsa;

b) dedicar-se integralmente às atividades programadas na instituição de destino;

c) não acumular a presente bolsa com outras bolsas concedidas com recursos do Tesouro Nacional;

d) para ex-bolsista de doutorado no exterior de agência nacional, observar o tempo mínimo de permanência no Brasil exigido pela agência. Se Servidor Público Federal deverá ser observado o disposto na Lei nº 8.112/90;

e) cumprir interstício mínimo de 3 (três) anos entre dois Pós-Doutorados no Exterior com bolsa do CNPq; e

f) ser brasileiro ou estrangeiro com visto permanente no Brasil.

g) Além dos demais requisitos e condições exigidos em portarias ou normas específicos da CAPES ou do CNPq.

Para a instituição de destino

Igualmente, para a instituição de ensino, deve-se ter competência reconhecida internacionalmente na área de interesse do candidato.

Para o supervisor

Ter reconhecida competência na área do projeto.

Duração de pós-doc

De 6 (seis) a 12 (doze) meses, sendo permitida prorrogação, desde que não ultrapasse o tempo total de 24 (vinte e quatro) meses.

Benefícios

a) Mensalidades, calculadas conforme Tabela de Valores de Bolsas no Exterior;

b) Auxílio-Deslocamento (ver item 5.2 das Normas Gerais);

c) Auxílio-Instalação, exceto a candidatos residentes no exterior no momento da implementação da bolsa (ver item 5.3 das Normas Gerais); e

d) Seguro-Saúde (ver item 5.4 das Normas Gerais).

NOTA 1 : não há benefício a dependentes.

NOTA 2 : o Auxílio-Deslocamento será calculado apenas para traslado entre o Brasil e o país da instituição de destino. Ou seja,não serão incluídos deslocamentos entre instituições estrangeiras, mesmo que previstos no projeto de pesquisa aprovado.

Documentos para a inscrição no pós-doutorado

a) Formulário de Propostas Online;

b) Currículo do candidato cadastrado na Plataforma Lattes;

c) Currículo do supervisor, na forma de home page ou arquivo anexado;

d) Projeto de pesquisa nas áreas contempladas pelo CsF;

e) Concordância do supervisor com as atividades propostas; e

f) Confirmação por parte do supervisor de que o conhecimento do idioma do país de destino é suficiente para o desenvolvimento das atividades previstas; e

g) Demais requisitos e condições exigidos em portarias ou normas específicos da CAPES ou do CNPq.

Critérios para seleção dos candidatos no pós-doc

Os candidatos serão selecionados em função do seu currículo, do currículo do supervisor, do conceito internacional da instituição de destino e da qualidade do projeto e classificados em comparação com os demais candidatos.

Características gerais do pós-doutorado

  • O postdoc não é um curso e não dá um título, apesar do que muitos pensam.  Outros ainda o confundem com o título de Ph.D., que é equivalente ao título de doutor.
  • É feito tipicamente por recém-doutores, com menos de 10 anos desde a defesa da tese. 
  • Não exige cursar disciplinas nem defender uma tese. Seu foco é a pesquisa, visando resolver algum problema avançado, e gerando publicações mais amadurecidas ou tecnologia de ponta.
  • Geralmente inclui orientação de alunos, ficando o ensino e a extensão ficam em segundo plano, na maioria dos casos. Uma das raras exceções são as bolsas PNPD da Capes, que via de regra também envolvem atividades de ensino.
  • Em quase toda parte, o postdoc é a fase da carreira na qual o cientista tem mais liberdade, podendo escolher suas atividades quase à vontade, e aprendendo a fazer networking em um nível mais maduro.
  • No doutorado você cria a sua identidade como cientista, que depois você consolida no pós-doutorado.

Pode trabalhar fazendo pós-doc?

Neste sentido, o pesquisador ou estagiário pós-doutoral pode ou não ter vínculo empregatício com a instituição que o recebe; pode ter ou não uma bolsa de estudos que o financie.

Além disso, em alguns casos, pesquisadores com posições permanentes, podem solicitar uma licença para cumprir estágio pós-doutoral fora do país, sem prejuízo dos seus vencimentos.

Ainda, paralelamente à própria pesquisa, o pesquisador pode também realizar algumas atividades correlatas, tais como: ministrar cursos, aulas e palestras; orientar ou coorientar alunos de mestrado e doutorado; participar de bancas examinadoras de dissertações e teses.

Além disso, tem sido comum a realização das atividades do pós-doutorado (ou parte delas) em empresas, organizações governamentais ou entidades sem fins lucrativos (conservatórios, museus, bibliotecas etc.).

Editor de formatação automática nas normas da ABNT

Tendo em vista que a principal características do pós-doc é a pesquisa científica, muita produção de conhecimento importante é feito dentro de um estágio pós-doutoral.

Para isso, as normas da ABNT são fundamentais e indispensáveis.

E para você poder focar a sua energia na produção do conteúdo, e não em aspectos meramente formais, o Mettzer é o editor de formatação automática de qualquer trabalho acadêmico.

Resumo
Artigo
Pós-Doutorado (pós-doc): o que é, quais os requisitos e como fazer
Descrição
Pós-doutorado ou pós-doutoramento, coloquialmente chamado pós-doc é um estágio de estudos e pesquisas cumprido após o doutorado. Confira!
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.