Folha de rosto nas normas ABNT: Aprenda a formatar com exemplos

|
Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 5 minutos

A folha de rosto, junto com a capa, é um elemento pré-textual importante, especialmente para TCCs, teses e monografias.

Por isso, pensando em te ajudar a entender um pouco melhor as normas da ABNT, separamos abaixo algumas dicas referentes à capa e à folha de rosto nas normas ABNT.

Diagramar o seu TCC pode dar trabalho, principalmente no que diz respeito a colocar tudo no seu devido lugar.

Ainda que existam regras a serem seguidas, muitas vezes elas não estão claras o suficiente e isso acaba gerando uma série de inseguranças.

1- Para que serve a folha de rosto nas normas ABNT?

Considerando as normas de trabalhos acadêmicos, a folha de rosto tem a função de auxiliar no reconhecimento do trabalho.

Então, por ser um dos primeiros elementos a aparecer, ela deve abordar um caráter sensorial.

Imagine que precisa encontrar trabalhos relacionados a uma pesquisa que pretende realizar.

Como sabemos, existem milhares de publicações disponíveis e observar a folha de rosto auxiliar na seleção de qual trabalho vale mais a leitura.

Por isso, será possível identificar algumas informações sobre os trabalhos acadêmicos e decidir quais resumos ler.

A partir da leitura dos resumos, se seleciona quais trabalhos ler por completo. Pronto.

2- Elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais

A imagem abaixo facilita a compreensão de onde está localizada a folha de rosto.

Perceba que, ainda que ela seja um elemento pré-textual, ela está na parte interna do trabalho, o que a diferencia imediatamente da capa.

3- Capa nas Normas ABNT

Ainda que este post seja focado em folha de rosto, falaremos um pouco sobre os elementos obrigatórios da capa, para que você se confunda na hora de fazer.

O primeiro elemento obrigatório de todo trabalho acadêmico é a capa ABNT. Ela é a apresentação formal do produto, servindo para catalogar o trabalho e começar a introduzir do que se trata a pesquisa.

No que diz respeito à capa, a ABNT NBR 14724 diz que é necessário que ela contenha, obrigatoriamente na ordem a seguir:

1. Nome da instituição (não é obrigatório o uso desse elemento)

2. Nome do autor

3. Título do trabalho

4. Sub-título (também é opcional, usado a critério do autor)

5. O número de volumes é exigido em trabalhos acadêmicos que são divididos em partes, mas no caso de um TCC, que são tradicionalmente menos extensos, não existe a necessidade

6. A cidade onde se localiza a instituição onde será apresentado o trabalho

7. O ano de entrega

Exemplo de capa 

Não existe, em geral, exigências feitas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas quando o assunto é capa, além de quais elementos devem ser apresentados e sua ordem.

Entretanto, é comum entre as universidades se adotar o padrão USP como exemplo.

As regras desse padrão são simples de seguir.

Primeiramente, o nome da instituição (quando utilizado) e o do autor devem estar em caixa alta.

Já, o título e o subtítulo do trabalho podem estar em negrito, o que dá destaque. Todos os elementos devem ser alinhados ao centro.

Quando presente, o nome da instituição deve começar na primeira linha do documento. Caso contrário, coloque o nome do autor no topo da página.

Por fim, a cidade e o ano devem ocupar as duas últimas linhas da folha.

Igualmente não existe uma regra sobre quantas linhas devem estar entre os elementos, mas é bom que se coloque uma folga entre cada um.

4- Folha de rosto nas Normas ABNT

Não existe, dentro das regras ABNT, um elemento que recebe o nome de contra capa. Em geral, esse termo é usado como sinônimo para a folha de rosto.

Esse elemento deve vir na folha imediatamente após a capa, onde serão utilizadas ambos lados.

Por isso, a primeira página da folha é chamada pela ABNT de “anverso da folha de rosto”, enquanto o lado de trás é chamado de “verso”.

O anverso se inicia com o nome completo do autor intelectual do projeto na primeira linha. No padrão USP, ele deve estar centralizado e em caixa alta.

Em seguida, temos o título, que deve ser claro com relação aos assuntos tratados na monografia.

Igualmente se indica a utilização de letras maiúsculas apenas na primeira letra do título, em nomes próprios e nomes científicos.

Também é recomendada a centralização do texto, e. caso haja um subtítulo, ele deve ser separado do título por dois pontos.

Na sequência você deve colocar a natureza e o objetivo do trabalho.

Vale ressaltar que algumas normas da ABNT não são obrigatórias, portanto sempre confira o manual da sua universidade.

Normalmente se recomenda que essa parte da monografia seja colocada em alinhamento justificado e que se desloque a margem esquerda do parágrafo para a marca de 7,5 centímetros.

Em seguida, coloca-se o nome do orientador, diagramado da mesma forma que se diagramou a natureza e objetivo, com a margem esquerda deslocada 7,5 centímetros.

Se houver, o mesmo deve ser feito com o co-orientador. Antes do nome de ambos, é de praxe especificar que se trata do orientador. Exemplo:

Orientador: José da Silva

Por fim, a página é encerrada com a cidade e o ano, da mesma forma que a folha de capa.

Exemplo de folha de rosto

No verso da folha de rosto fica a ficha catalográfica, usada para referenciar seu trabalho.

Ela segue as regras do Código de Catalogação Anglo-Americano, o padrão adotado pelas bibliotecas brasileiras.

O padrão USP pede ainda que o verso da folha contenha uma autorização de publicação, que deve vir antes da ficha catalográfica.

É recomendado que você questione o seu orientador sobre a necessidade do uso de tal elemento em seu TCC.

Pode parecer complicado a utilização de todas essas regras sobre capa e folha de rosto nas normas ABNT, e é mesmo.

5- Como formatar folha de rosto de forma automática

Como você viu, a formatação de trabalhos acadêmicos não é nada fácil.

Por isso, você pode contar com o Mettzer, o editor de textos especializado e pensado para tornar a tarefa mai fácil e prazerosa.

Faça um teste gratuito por 7 dias agora mesmo e descubra de que forma a tecnologia pode ser a sua melhor amiga na finalização dessa fase!

Resumo
Artigo
Folha de rosto nas normas ABNT: Aprenda a formatar com exemplos
Descrição
A folha de rosto é um elemento pré-textual importante para qualquer TCC. Neste post você encontrará dicas fundamentais das Normas ABNT. Confira essas dicas!
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.