O operador booleano vai te ajudar a pesquisar bibliografias para seu trabalho

5
(1)

Como o operador booleano pode te ajudar a fazer a pesquisa de bibliografias para seu trabalho.


Talvez você ainda não saiba, mas prender a usar operador booleano é fundamental para pesquisar as bibliografias do seu trabalho acadêmico.

Ele vai fazer muita diferença na seleção de suas fontes de pesquisa e, consequentemente, no resultado da sua revisão bibliográfica.

Não sei bem porque a gente não aprende como usá-lo em lugar nenhum. No fim, é a partir da necessidade que a gente começa a buscar informações e aprende tudo na prática.

Mas eu tenho algumas dicas que podem te ajudar nesse caminho. Vamos lá 🙂

O que é operador booleano?

O operador booleano é um tipo de técnica para fazer consulta em base de dados. Quer dizer, é uma técnica que você pode utilizar nos mecanismos de buscas quando estiver buscando artigos para construir seu trabalho.

A função do operador booleano é, portanto, ajudar os sistemas a definirem melhor os parâmetros de seleção de dados. E, por consequência, também ajudam a encontrar os melhores artigos e as melhores referências para sua pesquisa.

Afinal de contas, melhores artigos te levarão a uma pesquisa melhor e, por fim, a um referencial teórico melhor.

Como os operadores booleanos funcionam?

Na hora da publicação, cada artigo recebe palavras de identificação. É o que a gente chama de tag ou palavra-chave.

A palavra-chave é o que identifica os artigos que se referem a um tema específico dentro de tooodo universo de artigos que existe.

Quanto maior a especificação da sua busca, melhor serão os resultados da sua pesquisa. É para isso que você usa os operadores booleanos.

Por exemplo:

Se eu estou fazendo uma dissertação sobre tratamento de água de rio com um produto X. Se eu for em uma base de artigos – como Google Acadêmico ou Scielo – e pesquisar pelo termo “tratamento de água”, vou encontrar trilhões de resultados.

Entretanto, muitos desses resultados não fazem sentido para minha pesquisa. Para eu encontrar somente os artigos que realmente fazem sentido, vou usar o operador AND.

Assim, minha pesquisa no mecanismo de buscas será “tratamento de água AND produto X”.

Depois que você entender cada um dos tipos de operadores booleanos, vai ficar mais simples de entender.

Tipos de operadores booleanos

Existem três tipos de operadores booleanos: AND, OR e NOT.

Operador AND

Em inglês, o termo AND significa “e”. Quer dizer, utiliza-se o operador AND quando você precisa juntar dois conceitos.

Ou seja: quando você quer que a sua pesquisa compreenda um conceito mais outro conceito. Um intersecção de conceitos.

Por exemplo:

Se estou pesquisando sobre direito das trabalhadoras mães. Se eu pesquisar apenas por direito das trabalhadoras encontrarei diversos artigos que não são interessantes para minha pesquisa.

Isso significa que vou precisar especificar melhor minha busca. Nesse caso, devo utilizar “direito das trabalhadoras AND direito das mães”.

Operador OR

Em inglês, o termo OR significa “ou”. Logo, ao usar o operador OR você vai pesquisar por resultados que apresentem um conceito ou outro conceito.

Em outras palavras, o operador faz com que a pesquisa encontrem resultados de qualquer um dos termos. Tanto sozinhos, quanto juntos.

Por exemplo:

No exemplo anterior, se eu pesquisar por “direito das trabalhadoras OR direito das mães”, eu encontraria tanto artigos sobre direito das mães trabalhadoras, quanto artigos só sobre direito da mães ou só sobre direito de trabalhadoras.

Claro, você somente vai utilizar esse operador se for o objetivo da sua busca encontrar tudo sobre esses dois temas.

Operador NOT

NOT, em inglês, significa “não”. Então, o operador booleano NOT significa uma subtração.

Quando usamos esse operador, estamos enviando a mensagem para a base de artigos de que queremos os resultados de um conceito, mas que não tenha relação com o outro.

Por exemplo:

No exemplo anterior, uma busca por “direito das trabalhadoras NOT direito das mães” encontraria todos os artigos sobre direito das trabalhadoras que não falam sobre os direitos das mães.

Que tal pesquisar suas referências dentro da Mettzer?

Se você está fazendo sua pesquisa, pode encontrar as suas referências dentro da Mettzer.

Isso porque temos uma biblioteca pública de artigos. Então, você pode acessar, de forma livre, vários artigos que foram publicados dentro do editor de texto.

Essa é uma forma de desburocratizarmos a produção e o acesso aos conhecimentos científicos. Incrível né?

Formatação de trabalhos de forma automática nas normas da ABNT

Enfim, agora você já sabe como otimizar sua pesquisa de referências. Só não se esqueça que, independentemente do tipo de trabalho – seja um TCC, uma monografia, um artigo, uma dissertação até uma tese de doutorado, você não pode deixar de formatar o seu trabalho nas normas científicas.

Você não precisa passar por isso sozinha, ok? Use a tecnologia ao seu favor 🙂

Para te ajudar nisso, conte com a ajuda da Mettzer.

Apresentação Geral - Mettzer

Mettzer tem o melhor editor de texto do mercado, que formata qualquer trabalho nas normas da ABNT e nas normas APA de forma automática: da capa até as referências bibliográficas.

Que tal fazer um teste gratuito por 7 dias? 🙂

O que é um operador booleano?

O operador booleano é um tipo de técnica para fazer consulta em base de dados.

Qual é a função do operador booleano?

A função do operador booleano é ajudar os sistemas a definirem melhor os parâmetros de seleção de dados. E, por consequência, também ajudam a encontrar os melhores artigos e as melhores referências para sua pesquisa.

Como funciona o operador booleano AND?

Em inglês, o termo AND significa “e”. Quer dizer, utiliza-se o operador AND quando você precisa juntar dois conceitos.

Como funciona o operador booleano OR?

Em inglês, o termo OR significa “ou”. Logo, ao usar o operador OR você vai pesquisar por resultados que apresentem um conceito ou outro conceito.

Como funciona o operador booleano NOT?

NOT, em inglês, significa “não”. Quando usamos esse operador, estamos enviando a mensagem para a base de artigos de que queremos os resultados de um conceito, mas que não tenha relação com o outro.

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.