Tipos de citações: aprenda como fazer nos padrões ABNT

|
Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 4 minutos

As citações são uma parte fundamental de qualquer trabalho acadêmico.

Principalmente porque elas são referências às informações extraídas de outros trabalhos, como livros, filmes, periódicos, sites e outras fontes que já trabalharam anteriormente com o seu tema.

Especialmente as citações fazem parte do referencial teórico do seu trabalho.

Por isso, servem para esclarecer ou sustentar o assunto do texto.

1- Por que formatar corretamente as citações?

Neste sentido é essencial que as citações sejam formatadas corretamente.

Isto porque, além de garantir a melhor compreensão da sua ideia, você evite de cair em plágio ou tirar nota baixa.

De início, talvez você já saiba mas não custa reforçar, existem três tipos de citação: Direta (curta e longa), Indireta e citação de citação (apud).

Agora vamos ver como deve ser feito cada um dos tipos, dentro do que a ABNT estabelece como padrão.

2- Citações diretas

Este primeiro formato, que é mais conhecido é a citação direta.

A princípio, ela é a transcrição de um trecho de uma obra consultada, na íntegra e totalmente  fiel ao conteúdo original.

Neste sentido, abarca dois formatos. A curta, de até 3 linhas, que deve ser feita entre aspas, e a longa, com recuo de 4 cm.

Grifo em citação direta

Ao mesmo tempo, quando o texto original contém algum tipo de grifo é preciso que isso seja reproduzido fielmente em seu trabalho, seguido da expressão “grifo do autor”.

Exemplo:

  • “São velhas e persistentes as teorias que atribuem capacidades específicas inatas a raças ou a outros grupos humanos” (LARAIA, 1986, p. 17, grifo do autor).

Post específico sobre grifo nosso você encontra aqui.

Como fazer citação direta curta

Para citações com menos de 3 linhas, você deve citar diretamente no texto como os exemplos:

  • Segundo Anderson (2006, p. 19) “obviamente, essa é a função da economia: ela busca desenvolver modelos simples e facilmente compreensíveis que descrevam os fenômenos do mundo real.”
  • “Obviamente, essa é a função da economia: ela busca desenvolver modelos simples e facilmente compreensíveis que descrevam os fenômenos do mundo real” (ANDERSON, 2006, P. 19).

Exemplo de citações diretas curta:

Como fazer citação direta longa

Para citações com mais de 3 linhas, há uma regra específica determinada pelas normas ABNT.

Aqui é preciso reduzir o tamanho da fonte (de 10 ou 11 pt.) e dar uma afastadinha no texto, aplicando recuo de 4 cm em relação à margem esquerda.

Post específico sobre citações diretas você encontra aqui

Exemplo de citações diretas longas:

3- Citações indiretas

Neste caso, a ideia de quem escreveu é mantida, mas reescrita, ou traduzida, com as suas palavras.

Em qualquer formato de citação deve constar o autor do trecho usado e o ano de publicação da obra original, com o número de página sendo opcional.

Como fazer citação indireta

  • Soares (2009, p. 16) diz que numa sociedade que se divide em classes, a ideologia que domina, de acordo com a ideologia marxista, é a ideologia da classe dominante.
  • Em uma sociedade que se divide em classes, a ideologia que domina, de acordo com a ideologia marxista, é a ideologia da classe dominante (SOARES, 2009).

Post específico sobre citação indireta você encontra aqui.

4- Citações de citações

Apesar da relevância das citações, nem sempre é possível ter acesso a uma obra original que foi citada em outro texto.

Por isso a necessidade de, eventualmente, citar outros autores, tendo em vista que esses trechos citados podem ser importantes ao trabalho final.

Então, entre os tipos de citações, o apud e a citação da citação, que se refere à essa referência cruzada.

Entretanto, esse é o menos recomendado, já que o ideal é sempre citar a obra original, o que exige um conhecimento maior dela.

Como fazer de citação de citação (forma direta)

  • Segundo Shinzato (1998), citado por Menezes e Paschoarelli (2009, p. 15), “sua origem é atribuída à China e tem três denominações: Senshi, Sanshi e Kokushi”.

Com fazer citação de citação (forma indireta)

  • Segundo Shinzato (1998), citado por Menezes e Paschoarelli (2009, p. 15), a origem do Kirigami é atribuída à China, e tem três denominações: Senshi, Sanshi e Kokushi.

5- Como gerar citações de forma automática

Muitas vezes acabamos perdendo muito tempo formatando cada pequeno detalhe.

Desde os parágrafos, o espaçamento, até, é claro, as citações.

Para isso, o Mettzer é o editor que pode mudar a sua relação com as normas da ABNT!

Aqui todas as adequações às normas ABNT podem ser feitas automaticamente, sem complicações.

Por isso, veja como é fácil criar citações no Mettzer:

Faça um teste gratuito por 7 dias e veja como o nosso editor pode te ajudar!

Resumo
Artigo
Tipos de citações: aprenda como fazer nos padrões ABNT
Descrição
Conheça mais sobre os tipos de Citações: Citação direta, Citação indireta e Citação de citação e saiba como aplicar de maneira correta nas Normas ABNT.
Autor
Publicador
Mettzer

15 comentários em “Tipos de citações: aprenda como fazer nos padrões ABNT”

  1. Boa noite. Muito bom! Fiquei na dúvida de uma aqui e não consegui esclarecer após a leitura. Qual citação seria a desse trecho?
    De acordo com as Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial, de 2010, a HAS É diagnosticada pela detecção de níveis elevados e sustentados de PA…
    Não vi nada sobre o ano estar entre vírgulas em citações indiretas.

    Responder
    • Oi Andrey, tudo bem?

      Sim, essa é uma citação indireta. Acredito que foi um pequeno descuido do autor, porém contem todas as informações necessárias para uma citação indireta.

      Abraços

      Responder
    • Oi Kleiton, tudo bem?

      Você pode fazer dessa forma. SOBRENOME, Nome. SOBRENOME2, Nome2. título do livro.

      Abraços

      Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.