9 passos de como fazer a análise crítica de um artigo

0
(0)

Não basta ler muitos artigos. Você precisa compreendê-los em sua totalidade. A análise crítica vai te ajudar nisso.


Para fazer seus fichamentos ou até mesmo construir o seu referencial teórico, não basta que você apenas leia diversos artigos de forma aleatória.

Na verdade, você precisa compreender as leituras dentro dos conceitos e dos contextos. Quer dizer: você precisa entender o que as conclusões do artigo interferem no tema do seu trabalho. É aí que entra a análise crítica.

Então, vamos lá. Preparei algumas dicas para te ajudar nisso 🙂

O que é análise crítica?

De forma geral, a análise crítica é um estudo aprofundado sobre um artigo ou qualquer outro tipo de trabalho. Então, é o momento de se estudar os detalhes do trabalho, como:

  • Pontos negativos
  • Críticas construtivas
  • Pontos positivos
  • Conceitos que foram trabalhados
  • Contexto histórico, político, social
  • Método e metodologia científica
  • Outros conceitos e autores que dialogam com aquele texto

Em outras palavras, a análise crítica é uma reflexão sobre os pontos positivos e negativos do trabalho e o quanto as conclusões do trabalho interagem e interferem no assunto que você está trabalhando.

Para quê serve a análise crítica?

A análise crítica serve, de forma resumida, para avaliar a qualidade de um artigo. É uma leitura crítica para identificar e compreender os argumentos de quem escreveu.

Depois disso, é possível formar sua opinião sobre o trabalho e sobre o assunto também.

9 passos de como fazer a análise crítica de um artigo

Aqui está um passo a passo de como você pode fazer a análise crítica de um trabalho:

1. Entenda qual é o problema de pesquisa

O primeiro passo é entender qual é o problema de pesquisa e os objetivos geral e específico do artigo. Esse é o ponto inicial para entender o direcionamento e o objeto de estudo do trabalho.

2. Leia o texto com atenção e destaque as partes importantes

Em seguida, leia o texto com cuidado. Crie uma organização para os destaques importantes. Uma forma de fazer isso é separar por cores.

Você pode, por exemplo, marcar com a cor vermelha todos os conceitos que você não conhecer; com amarelo as partes importantes sobre tema X e em verde sobre tema Y. Você pode separar o que é importante, o que é controverso, o que você precisa conferir, enfim.

Também é interessante fazer comentários dos insights e das relações que você for fazendo.

3. Confira termos técnicos e conceitos desconhecidos

Depois de separar os conceitos que você não conhece e os termos técnicos, é hora de buscar o significado. Definitivamente não é possível compreender (e criticar!) um texto em sua totalidade, sem entender todos os conceitos e termos dele.

4. Identifique as principais ideias e tese de quem escreveu

Se questione sobre qual é a tese principal do texto. Quais são as conclusões que se chegou? Quais as ideias de quem escreveu? Qual é a crítica que o texto faz? Grife todos esses pontos no texto.

Nessa etapa é importante interpretar além do texto, você deve considerar os fatores que influenciaram os pensamentos. Responda as seguintes perguntas:

  • Qual é o contexto social, político e econômico que foi escrito?
  • Quais são as bibliografias que são enfrentadas?

5. Fique por dentro do estado da arte do tema

Depois de entender qual é a ideia principal do texto, busque saber qual é o estado da arte daquele tema. Ou seja: quem são as outras pessoas que também pesquisam sobre esse assunto? O que essas pessoas entendem? Quais são as opiniões e as críticas que fazem?

Uma dica para fazer isso é ler resenhas críticas e resumos sobre os livros e artigos desses autores. Afinal de contas, nem sempre é possível ter tempo para se aprofundar em todos os autores.

Tenha em mente que alguns livros e textos são clássicos sobre o assunto. De forma geral, o texto é considerado clássico por três motivos principais: i) foi o primeiro a tratar sobre o assunto; ii) foi o primeiro a solucionar o problema; iii) trouxe uma perspectiva diferente para o tema. Mas, muitas vezes, estão obsoletos. Então, verifique se esses conceitos foram atualizados por outras pessoas.

6. Estruture sua opinião

Bom, chegou a hora de você formar sua opinião sobre o assunto. Para isso, reúne os pontos favoráveis e os pontos contrários ao texto. Verifique quais são as ideias que combatem a sua opinião.

Um ponto importante nisso é a tradução dos textos. Se for possível, verifique como o texto foi traduzido e se a tradução respeitou o posicionamento principal do autor ou da autora principal.

7. Faça fichamentos

Na medida em que você vai lendo esse texto (e até outros textos), faça fichamentos para registrar as principais ideias. Esses fichamentos vão poupar seu tempo na hora de escrever.

8. Verifique as lacunas do texto

Se questione sobre quais pontos o texto não abordou? Quais são as fraquezas dos argumentos? Esse ponto tem bastante relação com os pontos contrários que você anotou. É extremamente importante você estruturar as críticas que fará.

9. Delimite as contribuições

Por fim, verifique quais são as contribuições importantes que o texto traz. Em quais as conclusões chegou que são importantes para o conhecimento científico?

Formatação automática de trabalhos acadêmicos nas normas da ABNT

Só não se esqueça que, independentemente do tipo de produção – seja um TCC, uma monografiadissertação e até tese, você deve respeitar as normas da ABNT.

Se você seguir as regras de forma certa, seu trabalho vai ficar pronto pra publicar. Mas o tanto de trabalho que dá né?

A boa notícia é que você não precisa passar por isso. Use a tecnologia a seu favor: nós podemos te ajudar 🙂

O Mettzer é o melhor editor de textos do mercado, que formata de forma automatizada qualquer trabalho nas normas ABNT: desde a capa até às referências bibliográficas.

Apresentação Geral - Mettzer

Assim, você ganha tempo e tranquilidade e pode se dedicar exclusivamente ao conteúdo do seu trabalho.

Se interessou? Faça um teste gratuito por 7 dias.

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Junte-se aos mais de 750 mil estudantes que usam o Mettzer todos os dias

Das anotações de aulas até a tese de doutorado

Você nem precisa cadastrar o cartão para testar!


Formas de pagamento

Garantia de 7 dias ou seu dinheiro de volta


Mettzer Sistemas LTDA - 20.874.116/0001-67
Acate - Rodovia SC 401, 4100 - Km4 - Florianópolis/SC


Termos de Uso | Políticas de privacidade | Segurança | Status