Graduação: tudo o que você precisa saber antes de escolher a sua!

Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 10 minutos

A graduação é o primeiro nível da formação universitária. Ao concluir o curso você poderá exercer a profissão escolhida, realizar pesquisas ou seguir com uma pós-graduação.


O que é graduação?

A palavra “graduação” está relacionada ao ensino superior e pode ser entendida como “título universitário recebido por um indivíduo”. Portanto,  a graduação é o nível de ensino que vem após o Ensino Médio, quando o aluno conclui a Educação Básica.

O termo é usado portanto, para se referir a uma formação superior completa, que permite a um indivíduo exercer a profissão para a qual se graduou, ocupando uma vaga mais qualificada no mercado de trabalho e, em geral, melhor remunerada.

Concluir o curso dá ao graduado o direito de exercer a profissão escolhida, realizar pesquisas ou dar aula sobre a área de estudo, além disso, o habilitar a seguir a vida acadêmica para fazer uma pós-graduação.

Desta forma, no Brasil são as instituições de ensino superior (IES) que oferecem os cursos de graduação. Ademais, elas podem ser classificadas em Faculdade, Centro Universitário ou Universidade.

Por fim, acima dessas instituições, está o Ministério da Educação (MEC), que autoriza o funcionamento e abertura de cursos superiores, além de definir a carga horária exigida para cada curso e até avaliar o funcionamento e a qualidade das instituições superiores no país.

Diferença entre graduação e ensino básico

Quando ingressa em uma faculdade ou universidade, o aluno está começando a sua vida no Ensino Superior. 

O primeiro título de formação desse nível de estudo é a graduação. Durante a formação Básica, ou seja, até o 3º ano do Ensino Médio, a educação é programada e o aluno precisa estudar o que está definido nos planos de ensino. Ao finalizar o nível básico, o estudante precisa escolher qual carreira seguir.

Quem pode fazer graduação?

Para ingressar em uma graduação no Brasil, é obrigatório que o estudante já tenha o certificado de conclusão do Ensino Médio. O documento é exigido para que alguém possa ter acesso à faculdade.

Tipos de graduação

Inicialmente, você deve conhecer os tipos de graduação antes de escolher.

Existem três categorias de cursos de graduação: bacharelado, licenciatura e tecnológica.

1. Bacharelado

o bacharelado é um curso superior de caráter generalista.
Portanto, é o tipo de graduação que permite que o profissional trabalhe em diversas áreas dentro da sua especialidade.

Também é possível acessá-lo na modalidade de bacharelado à distância.

Ou seja, quem se forma em um curso de bacharelado recebe o título de bacharel.

Em geral, os cursos de bacharelado são em áreas como Administração, Medicina, Arquitetura, Direito, Engenharia, Farmácia, Publicidade, Design de Moda, Enfermagem, Turismo, Relações Internacionais, e por aí vai.

Por exemplo, um bacharel em Administração pode tanto gerenciar seu próprio empreendimento como trabalhar em empresas públicas, privadas ou do terceiro setor.

Além de escolher uma área de atuação ou departamento, como Recursos Humanos, Finanças, Logística, Operações, Marketing, etc.

O bacharel realiza o exercício da profissão que optou, mas não pode dar aulas em instituições de ensino, para isso é necessária uma pós-graduação pelo menos.

A maior parte das graduações oferecidas nas universidades brasileiras concede o bacharelado em seus cursos de todas as áreas: Exatas e Tecnológicas, Humanas, Artes e Biológicas. A duração média para um aluno se formar é de 3 a 6 anos.

Quanto tempo dura um bacharelado?

O bacharelado em Medicina dura 6 anos e é o mais longo de todos – a maioria dura entre 4 e 5 anos.

Administração: 4 anos
Agronomia: 5 anos
Arquitetura e Urbanismo: 5 anos
Biomedicina: 4 anos
Direito: 5 anos
Enfermagem: 5 anos
Engenharia Civil, mecânica e química: 5 anos
Farmácia: 5 anos
Fisioterapia: 5 anos
Fonoaudiologia: 4 anos
Jornalismo: 4 anos
Medicina: 6 anos
Medicina Veterinária: 5 anos
Nutrição: 4 anos
Odontologia: 5 anos
Psicologia: 5 anos
Publicidade e Propaganda: 4 anos
Relações Públicas: 4 anos

2. Licenciatura

O principal foco da licenciatura é formar professores e educadores.

Deste modo, o conteúdo desse curso superior combina matérias específicas da área escolhida (Matemática, Letras, Física, História, Geografia, etc.) com disciplinas ligadas à educação, como Didática, Metodologia de Ensino, Políticas Educacionais, Gestão Escolar, etc.

Quem se forma em licenciatura obtém o título de licenciado e pode dar aulas em escolas públicas ou particulares, no ensino fundamental ou médio.

De modo geral, a licenciatura é para aquele estudante que pretende dar aulas na Educação Básica (Ensino Fundamental, Médio ou Profissionalizante).

Por isso, deve-se preparar para lecionar o que aprendeu em sua área do conhecimento. Os cursos costumam durar entre 4 e 5 anos.

As principais licenciaturas estão relacionadas às disciplinas ministradas nos colégios de Educação Básica, como Ciências Biológicas, Ciências Sociais, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Letras, Matemática, etc.

Licenciatura plena

A licenciatura plena é fornecida por universidades, centros universitários ou instituições não universitárias de educação superior, com desígnio de formar docentes para a educação básica.

Segundo o artigo 7º da Resolução CNE/CP Nº 1, de 30.09.1999, os cursos de licenciatura plena ministrados pelos Institutos Superiores de Educação, podem ser de dois tipos:

O curso normal superior, para licenciatura de profissionais em educação infantil e de professores para os anos iniciais do ensino fundamental.
E os cursos de licenciatura destinados à formação de docentes dos anos finais do ensino fundamental e do ensino médio, organizadas em habilitações polivalentes ou especializadas por disciplina ou área de conhecimento.

Ambos deverão ter duração mínima de 3.200 horas, computadas as partes teóricas e práticas. Além desses, nos termos da Resolução CNE No 2/97, poderão ser desenvolvidos programas especiais de formação pedagógica, destinados a portadores de diploma de nível superior que desejem ensinar nos anos finais do ensino fundamental ou no ensino médio, em áreas de conhecimento ou disciplinas de sua especialidade.

3. Tecnólogo ou graduação tecnológica

O curso tecnólogo também conhecido como superior de tecnologia, portanto é um tipo de graduação voltada para o mercado de trabalho.

Por isso, também é conhecido como graduação tecnológica, sendo que esta modalidade prepara os estudantes para uma área específica de uma determinada profissão. Deste modo, para ingressar em um tecnólogo, o estudante precisa ter certificado de conclusão de Ensino Médio.

O curso, como todos os tipos de graduação, conta com disciplinas teóricas e práticas e atividades em laboratórios. Enquanto, muitas vezes, exige estágio obrigatório e/ou apresentação de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Em primeiro lugar, o modelo de curso foi criado em 1970, em Sorocaba, pela Fatec. Ainda assim é responsável por mais de 13% das matrículas em graduações presenciais segundo o Censo da Educação Superior do MEC.

Como são cursos que se dirigem às necessidades do mercado de trabalho a curto prazo, focado na prática e na experiência, a taxa de empregabilidade dos profissionais formados tecnólogos é de 90%, de acordo com dados de pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Tecnólogo pode fazer concurso público e pós graduação?

Sim! A graduação tecnológica, certamente, permite a participação do profissional em concursos públicos.

Entretanto, segundo o MEC, por ser considerado um curso superior, o candidato com diploma de tecnólogo pode optar por concorrer as vagas destinadas ao nível superior.

Neste sentido, o MEC chama atenção para os editais que exigem a titulação de bacharel ou licenciado, porquanto nesses casos não será permitido ao graduado em um curso superior de tecnologia participar do processo.

Ainda, para o MEC, o profissional tem total liberdade para dar continuidade aos seus estudos da maneira que lhe for mais apropriada, assim, não há um impedimento a sua titulação acadêmica.

licenciatura, bacharelado e tecnólogo

Diferença entre Bacharelado e Licenciatura

Alguns cursos dessas categorias possuem a mesma base curricular inicial nas faculdades, o que gera inúmeras dúvidas.

Há casos em que o aluno de licenciatura passa a ter um conteúdo diferente de quem faz bacharelado somente após um determinado momento do curso. Na licenciatura, também é comum que o aluno passe a estudar disciplinas relacionadas à Didática, entre outras, que o habilita a ministrar aulas.

Também existem universidades em que o candidato deve escolher entre um curso de bacharelado ou licenciatura na hora de se inscrever para o vestibular ou de fazer a matrícula na instituição. 

Modalidades: presencial, semipresencial e à distância (ead)

O tipos da graduação e o curso não são as únicas escolhas que você deverá fazer. Também a modalidade é importante.

Atualmente há três modalidades possíveis, são elas a presencial, semipresencial e à distância, popularmente conhecida como ead– ensino à distância.

Graduação Presencial

Em primeiro lugar, a modalidade presencial é aquela tradicional, em que os assuntos são ministrados pelos professores nas salas de aula de uma Faculdade/Universidade. 

Neste sentido, deve-se ir até a instituição durante toda a semana, no turno matutino, vespertino ou noturno, tanto para assistir às aulas, como para participar de atividades práticas e interagir com os futuros colegas de profissão.

Além, obviamente, de realizar as provas e trabalhos sempre de forma ativa e presencial.

Graduação Semipresencial

Em segundo lugar, o formato semipresencial, considerado intermediário, pelo menos, 20% de aulas devem ser presenciais, e o restante a distância (EaD). 

Geralmente o estudante comparece à faculdade uma vez por semana, para assistir aulas e participar de projetos. Nos demais dias ele deve estudar e realizar as suas atividades através da internet.

Enquanto no EaD, a frequência de idas aos polos é bem menor, obrigatória apenas para realização de exercícios determinados pela faculdade.

Graduação a distância

A Educação a Distância (EaD) é uma modalidade de ensino que está se tornando cada vez mais popular no cotidiano dos estudantes, por isso, é indicado para aqueles que não possuem tempo hábil ou disponibilidade para estar presente todos os dias em uma Faculdade/Universidade.

A graduação a distância conta com aulas disponibilizadas através da internet (normalmente as instituições de ensino contam com uma plataforma própria para isso), bem como as atividades.

Para tanto, os encontros presenciais podem ocorrer algumas vezes durante o semestre, somente para a entrega de trabalhos e realização de provas.

Validade do diploma à distância e semipresencial

Apesar de ainda existirem pessoas com dúvidas sobre a validade do EaD, os cursos superiores a distância são reconhecidos pelo MEC e têm o mesmo valor das graduações presenciais.

Por isso, para decidir entre fazer um curso EaD ou presencial, você deve colocar na balança o que traz mais benefícios para você. Essa modalidade pode, então, ser mais indicada para quem precisa de horários mais flexíveis ou de valores mais baixos na mensalidade – os cursos demandam menos gastos com material didático e costumam ser mais baratos que os presenciais.

Em contrapartida, o aluno de EaD precisa ser organizado e disciplinado para administrar o tempo para cumprir com as obrigações da faculdade. O estudante é o único responsável por se programar para assistir a todo o conteúdo e realizar as atividades.

Outro ponto que deve ser considerado é a menor interação com colegas, porque, como os encontros nos polos são raros, e a troca de experiências fica restrita ao ambiente virtual do curso.

Áreas do Conhecimento

São três as grandes áreas do conhecimento: Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Exatas e Ciências Humanas. 

Mas o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) faz uma divisão maior, em oito:

  1. Ciências Agrárias;
  2. Biológicas; 
  3. Ciências da Saúde;
  4.  Ciências Exatas e da Terra; Engenharias; 
  5. Ciências Humanas; 
  6. Ciências Sociais; 
  7. Linguística,
  8. Letras e Artes.

Bolsas de Estudo

A maioria das vagas para cursos superiores no Brasil está em universidades particulares, por isso, há uma procura muito grande por bolsas de estudo para que as mensalidades das faculdades sejam mais acessíveis para os alunos. Ao garantir uma bolsa, portanto, se consegue economizar bastante dinheiro. As graduações são longas, então cada parcela com desconto fará uma grande diferença no valor total do curso.

Lista de cursos de graduação no Brasil

Para facilitar ainda mais a sua escolha, preparamos uma lista com todos os cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogos oferecidos no Brasil, organizados por ordem alfabética.

Lista de bacharelado e licenciatura  no Brasil

A-E

  • A. Administração, Agronomia (ou Engenharia Agronômica), Antropologia, Arqueologia, Arquitetura, Arquivística, Artes Cênicas, Artes Visuais, Astronomia
  • B. Biblioteconomia, Bioengenharia, Biofísica, Biologia, Biologia Marinha, Biomedicina, Botânica, Ciência e Tecnologia
  • C. Ciência da Computação, Ciência Política (ou Ciências do Estado), Ciências Agrárias, Ciências Ambientais, Ciências Atuariais, Ciências Biológicas, Ciências Biomoleculares, Ciências Contábeis, Ciências da Saúde, Ciências do Meio Aquático, Ciências Humanas (licenciatura), Ciências Matemáticas da Terra, Ciências Naturais (licenciatura), Ciências Náuticas, Ciências Sociais, Cinema e Comunicação social
  • D. Dança, Defesa e Gestão Estratégica Internacional, Desenho Industrial, Design de Interiores, Design de Moda, Direito
  • E. Ecologia, Economia, Editoração, Educação Artística (licenciatura), Educação do Campo (licenciatura), Educação física, Enfermagem, Engenharia Aeroespacial, Engenharia Aeronáutica, Engenharia Agrícola, Engenharia Ambiental, Engenharia Biomédica, Engenharia Cartográfica (ou Engenharia Geográfica), Engenharia Civil, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Manufatura, Engenharia de Materiais, Engenharia de Minas, Engenharia de Pesca, Engenharia de Petróleo, Engenharia de Produção, Engenharia de Sistemas Eletrônicos, Engenharia de Software, Engenharia de Tecidos, Engenharia de Telecomunicações, Engenharia Elétrica (ou Engenharia de Energia), Engenharia Física, Engenharia Florestal, Engenharia Geológica, Engenharia Industrial Madeireira, Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Metalúrgica, Engenharia Militar, Engenharia Naval e Oceânica, Engenharia Nuclear, Engenharia Química, Engenharia Sanitária, Engenharia Têxtil, Escultura, Estatística

F-Z

  • F. Farmácia (ou Bioquímica), Filosofia, Física, Física Computacional, Física Médica, Fisioterapia, Fonoaudiologia
  • G. Gastronomia, Geofísica, Geografia, Geologia, Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto, Gerontologia, Gestão Ambiental, Gestão Pública, Gravurismo
  • H. História, História da Arte, Hotelaria
  • I. Informática, Informática Biomédica
  • J. Jornalismo
  • L. Letras, Linguística
  • M. Matemática, Matemática Aplicada, Matemática Computacional, Medicina, Medicina Veterinária, Meteorologia, Microbiologia e Imunologia, Museologia, Música
  • N. Nanotecnologia, Naturologia, Neurociência, Nutrição
  • O. Oceanografia, Odontologia, Ordenamento do Território
  • P. Paisagismo, Pedagogia, Pintura, Produção Audiovisual (Rádio e TV ou Radialismo), Produção Cultural, Psicologia, Publicidade e Propaganda
  • Q. Química, Química Ambiental, Química Industrial, Quiropraxia
  • R. Relações Internacionais, Relações Públicas
  • S. Saúde Coletiva, Segurança Pública, Serviço Social, Sistemas de Informação, Sociologia
  • T. Teatro, Teologia, Terapia ocupacional, Transporte Terrestre, Turismologia
  • U.  Urbanismo
  • Z. Zootecnia

Opções de cursos tecnológicos

  • A. Agrimensura, Agroecologia, Agroindústria, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Aquacultura, Automação Industrial
  • B. Biocombustíveis, Biotecnologia
  • C. Cafeicultura, Ciência dos Alimentos, Ciência dos Materiais, Ciências Aeronáuticas, Comércio Exterior, Construção de Edifícios, Construção de Estradas, Construção Naval, Cooperativismo, Cosmetologia
  • D. Design de Jogos Digitais, Design de Produto, Design Gráfico, Drenagem e Irrigação
  • E. Energias Renováveis, Enologia, Esporte e Lazer, Eventos
  • F. Fotografia, Fruticultura
  • G. Gestão Comercial, Gestão da Qualidade, Gestão da Tecnologia da Informação, Gestão de Petróleo e Gás, Gestão de Recursos Hídricos, Gestão de Segurança Privada, Gestão do Agronegócio, Gestão em Serviços Jurídicos e Notariais, Gestão Financeira, Gestão Hospitalar, Gestão Portuária
  • H. Horticultura
  • L. Logística
  • M. Manutenção Industrial, Mecatrônica e Mecânica de Precisão, Meliponicultura, Mercadologia, Mineração, Negócios Imobiliários
  • O. Oftálmica
  • P. Processamento de Dados, Processos Escolares, Processos Metalúrgicos, Produção de Aguardente, Produção de Laticínios, Produção de Materiais Plásticos, Produção Fonográfica, Produção Sucroalcooleira, Produção Têxtil, Projetos de Estruturas Aeronáuticas
  • R. Radiologia, Recursos Humanos, Redes de Computadores, Redes de Telecomunicações
  • S. Saneamento Ambiental, Secretariado, Segurança da Informação, Segurança no Trabalho, Silvicultura, Sistemas Biomédicos, Sistemas de Navegação Fluvial, Sistemas Elétricos, Sistemas Embarcados, Sistemas para Internet
  • T. Telemática, Transporte Aéreo

Editor de formatação automática nas normas da ABNT

Qualquer tipo de graduação que você escolher certamente exigirá de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ao final, que poderá ser uma monografia, artigo científico ou tantos outros tipos de trabalhos de acordo com a instituição.

Assim, de qualquer forma você vai precisar das normas da ABNT e do Mettzer, o melhor editor do mercado que formata automaticamente qualquer trabalho de acordo com as normas da ABNT, pronto para entregar!

Teste agora mesmo!

 

Resumo
Artigo
Graduação: tudo o que você precisa saber antes de escolher a sua!
Descrição
A graduação é o primeiro nível da formação universitária, que permite exercer a profissão escolhida, realizar pesquisas ou seguir com uma pós-graduação.
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.