O que é método científico e por que você precisa dele.

Compartilhe esse post:

Quando avançamos na vida acadêmica, a necessidade de compreender e aplicar a metodologia científica inevitavelmente aparece.

Mas antes de lidar diretamente com o método científico em seu trabalho, é importante entender claramente seu conceito e algumas de suas principais características.

Inclusive, sem essa base inicial de conhecimentos, você pode acabar prejudicando o andamento da sua pesquisa ou até mesmo comprometendo a validade e relevância do trabalho ao qual deverá se dedicar.

E vamos combinar: o que a gente menos precisa, ao se dedicar a uma pesquisa, é desperdiçar tempo e jogar trabalho fora, não é!?

Para começar, vamos ao conceito de Método Científico.

“Método científico pode ser definido como um conjunto de regras básicas para realizar uma experiência, a fim de produzir um novo conhecimento, bem como corrigir e integrar conhecimentos pré-existentes” Vianna, 2001.

Essas regras, quando colocadas em prática, acabam protegendo o pesquisador da subjetividade, e direcionando sua pesquisa à produção de conhecimentos válidos, ou seja, científicos.

Tipos de método científico

Um lance bem legal é que existem diversos tipos de método científico, diferentes linhas de procedimento a serem seguidas que, apesar das muitas semelhanças entre si, não engessam a pesquisa científica.

Assim, um pesquisador pode tomar diferentes caminhos ao realizar seu trabalho.

Dentre os tipos de método científico estão os seguintes:

  • Empírico-analítico – segue a lógica empírica ao diferenciar os elementos de um fenômeno e rever cada um deles, de modo separado;
  • Experimental – que engloba os métodos hipotético-dedutivo, de observação científica e de medição;
  • Dialético – que leva em conta o constante movimento dos fenômenos históricos-sociais;
  • Hermenêutico – estuda a coerência entre diferentes textos;
  • histórico – relaciona o objeto ou fenômeno ao conhecimento de etapas pelas quais eles passaram, em uma sucessão cronológica

Etapas do método científico

Normalmente, mas não necessariamente, o método científico segue algumas etapas básicas que orientam o planejamento da pesquisa científica.

Um exemplo bastante comum das etapas do método científico pode ser, nesta ordem: observação > elaboração do problema > levantamento de hipóteses > experimentação > análise de resultados > conclusão.

Vamos esclarecer, em linhas gerais, o que cada uma das etapas do método científico representa.

Observação

Na observação, aplica-se os sentidos a um objeto, acontecimento ou fenômeno, de modo a estudá-lo da forma como se apresenta na realidade, na natureza.

Um pesquisador pode observar, por exemplo, que “as crianças de hoje não estão assistindo mais aos canais abertos de tevê”, ou então que “um tipo de soja X não está mais se desenvolvendo em uma região Y”.

A partir desse olhar cuidadoso, inicia-se a elaboração do problema.

A Elaboração do problema é a etapa do método científico em que o pesquisador organiza questões sobre o que está sendo observado.

Por exemplo:

  • “Por que as crianças não estão mais assistindo à tevê aberta?”;
  • “Quais fatores originaram esse fenômeno?”;
  • “Qual a importância desse fenômeno para as futuras gerações?”.

Levantamento de hipótese

Para tentar responder as perguntas elaboradas durante a elaboração do problema, o pesquisador passa a trabalhar na etapa de levantamento das hipóteses, em que utiliza conhecimentos prévios para supor respostas plausíveis aos questionamentos.

Essa etapa exige total cuidado do pesquisador, pois hipóteses mal elaboradas irão comprometer totalmente a etapa seguinte do método de pesquisa, a experimentação.

Experimentação

Nesta etapa, as energias são todas direcionadas à pesquisa bibliográfica e aos experimentos que deverão confirmar as hipóteses levantadas.

Unindo teoria e prática, cada questionamento precisa ser respondido e todos os resultados analisados

Análise de resultados

Chega o momento de analisar seus resultados. Nesta etapa, é preciso checar se o que foi reunido é suficiente para explicar cada um dos problemas, de acordo com as hipóteses iniciais.

Também bastante delicada, é nesta etapa que é decidido se haverá a necessidade de levantamento de novas hipóteses, que irão desencadear mais pesquisa e experimentação, ou se há resultados satisfatórios suficientes para se chegar à conclusão.

Conclusão

Finalmente, a partir de tudo o que foi pesquisado e analisado, é nesta etapa do método científico que o pesquisador faz as afirmações sobre o objeto ou fenômeno estudado. Essas afirmações são chamadas de teorias.

Em uma fase adiante, quando diferentes hipóteses e experimentos realizados trazem sempre um mesmo resultado, as teorias passam a ser consideradas, cientificamente, como leis.

Agora que você pôde entender um pouco mais sobre método científico, é hora de pensar sobre o seu projeto de pesquisa, certo?

Lembre-se de que, seja qual for a sua fase na vida acadêmica, além de saber sobre método científico, você vai precisar deixar tudo o que produzir formatado de acordo com as normas ABNT.

E nisso nós podemos te ajudar muito! Se ainda não conhece, precisa experimentar o Mettzer, que faz esse trabalho para você.

Resumo
Artigo
O que é método científico e por que você precisa dele.
Descrição
Saiba por que ele é importante para qualquer pesquisa científica , seu significado e conheça quais são suas etapas. Aprenda agora!
Autor

2 comentários sobre “O que é método científico e por que você precisa dele.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.