Quer conhecer todos os tipos de eventos acadêmicos?

|
Tempo médio de leitura: 10 minutos
3
(4)

Eventos acadêmicos são ótimas oportunidades para encontrar pessoas interessadas pelos mesmos assuntos que você, apresentar seus trabalhos e se atualizar.


Durante a graduação, é importante participar de eventos extracurriculares para desenvolver habilidades diferentes daquelas que você desenvolve na sala de aula.

E você, tá pensando em participar de algum evento?

Vem ver o conteúdo que preparei para você 🙂

O que são eventos acadêmicos?

Os eventos acadêmicos servem para discutir, divulgar e compartilhar pesquisas e trabalhos mais recentes sobre uma área do conhecimento ou sobre um tema específico.

Quem participa desses eventos são pessoas pesquisadoras, professoras, estudantes da graduação e da pós-graduação, outras pessoas do mundo acadêmico e até profissionais da área.

É importante ter em mente que a participação em eventos acadêmicos não se relaciona exclusivamente à apresentação de trabalhos.

Você pode optar por participar apenas como ouvinte e observador. Em alguns casos, a simples participação já gera um certificado para colocar no Currículo Lattes.

Porque participar de eventos acadêmicos?

Além disso, os eventos ajudam a direcionar sua carreira para uma especialidade, com setores mais especializados da sua área de estudo sem necessariamente fazer uma especialização.

A melhor forma de ingressar nesse meio é através de uma Iniciação Científica, que dará ao estudante material para escrever artigos científicos e participar em eventos acadêmicos como mais do que um mero observador, oferecendo certificados que tem valor maior.

Aqui estão os principais benefícios de participar de um evento acadêmico:

Maior possibilidade de engajamento

Como eu já falei, os eventos acadêmicos contam com participantes especialistas que interagem com a plateia. A ideia é que, inclusive, participantes abram espaços para diálogos com a plateia. Então, as chances de engajamento nas discussões são muito maiores.

Afinal de contas, todas as pessoas não só são interessadas no assunto, como também possuem grande bagagem para compartilhar.

Tirar todas as dúvidas e falar sobre suas dificuldades sobre o assunto

É uma ótima opção para que você converse sobre suas dúvidas e discuta sobre dificuldades que se relacionam ao tema e à vida acadêmica em si, já que todas as pessoas que estão participando do evento se interessam pelo tema.

Enriquecer o Currículo Lattes

A participação em simpósios, assim como em outros eventos acadêmicos, gera um certificado que pode ajudar a construir o seu Currículo Lattes.

Nesse ponto, é importante observar que o certificado de apresentação de trabalho ou de palestrante tem pontuação maior do que o certificado de simples participação.

Obter novidades e pontos importantes sobre o tema

Um evento acadêmico é sempre um ótimo lugar para se informar sobre o que está acontecendo em relação àquele assunto, quem são as pessoas que estão pesquisando e escrevendo a respeito e quais as conclusões mais recentes.

Ou seja: é bastante interessante para ficar por dentro das atualizações do tema.

Isso é muito importante, principalmente diante de tantos conteúdos e informações que recebemos. Se formos pesquisar o tema no Google Acadêmico, por exemplo, é possível que o resultado ofereça trilhões de trabalhos diferentes.

Então, os eventos também são fundamentais para filtrar informações e direcionar o olhar para o que é mais importante e mais atual no tema.

Direcionar carreira para uma especialidade

Os eventos também auxiliam estudantes a direcionar suas carreiras para uma especialidade, com setores mais especializados de sua área.

Se você desconfia que vai gostar de trabalhar em uma área, pode participar de um evento específico sobre o assunto e descobrir como se aplica na prática, quais são as novidades, como se desenvolvem as pesquisas sobre o assunto.

Isso pode te auxiliar a definir a área que você quer seguir dentro do curso.

Por exemplo se você faz o curso de Direito e se interessa por Direito do Trabalho, pode participar de um congresso e entrar em contato com as pesquisas mais recentes sobre esse assunto.

Assim, você pode descobrir se é uma área que você quer seguir estudando e se especializando ou não.

Favorecer comunicação entre pessoas pesquisadoras e estudantes

Além do mais, os eventos promovem diálogos e discussões de um público especialista. Isso favorece bastante a comunicação.

Ou seja: ajudam a desenvolver networking e dão oportunidades de conversar sobre um tema que todas as pessoas possuem interesse.

Mesmo porque, é possível que o evento reúne todas as pessoas que se interessam sobre o tema, mas que desenvolvem pesquisas e trabalham em lugares diferentes, para conversar sobre aquele assunto específico.

Desenvolver novos conhecimentos científicos

E como se não bastasse, sem dúvida, os resultados dos eventos sempre agregam conclusões importantes sobre os temas e geram novas ideias para dar continuidade às pesquisas.

Então, é uma forma importante de desenvolver atualizações sobre conhecimentos científicos e avançar na ciência.

Potencial de apresentação de trabalhos acadêmicos

O evento também pode contar com a apresentação de trabalhos, a partir de editais de submissão de artigos em diversas áreas do conhecimento.

Você pode apresentar, por exemplo, sua pesquisa de iniciação científica. Essa é uma forma interessante de obter retornos de outras pessoas sobre seu trabalho.

Tipos de eventos acadêmicos e científicos

Existem muitos tipos de eventos acadêmicos.

1. Congresso acadêmico

O congresso é um dos tipos de eventos mais conhecidos. No geral, o objetivo desse evento é debater e extrair conclusões sobre um tema central.

Então, o congresso é um tipo de reunião em que especialistas deliberam sobre questões de interesse comum ou apresentam seus estudos e suas novas descobertas.

Desta forma, ele é um evento formal, com certa periodicidade, tem alta complexidade e possui regulamento e regimento próprios.

Os congressos são formados por palestras, workshops e grupos de trabalho, além da apresentação de trabalhos e pôsteres relacionados ao assunto geral abordado.

Por esta razão, um congresso é promovido por entidades associativas e conta com a presença de profissionais e especialistas que têm interesse em comum e atuam em uma mesma área. Podendo ser regionais, nacionais e internacionais.

Ademais, um mesmo congresso, podem abarcar outras atividades, como: mesas-redondas, conferências, simpósios, palestras, comissões, painéis, cursos, são algumas delas.

2. Seminário

O seminário é um evento oral, em que existe uma pessoa atuando como mediadora. De maneira geral, é divide-se em três fases: exposição, discussão e conclusão.

Esse tipo de evento costuma reunir estudantes em torno de um tópico. O assunto central é debatido por dois ou mais expositores o que possibilita maior troca de experiências.

Ou seja, ele funciona como um debate, cujo objetivo é conhecer todos os aspectos e todas as variáveis de um assunto.

Em um seminário apenas se discute a situação, não se tomam decisões sobre ela.

3. Simpósio

O simpósio é uma reunião formal, com o objetivo de que participantes, especialistas em uma área do conhecimento, discutam sobre algum assunto acadêmico ou científico específico.

De maneira geral, o objetivo geral de um simpósio é promover um novo conhecimento científico sobre algum assunto. Ou seja: juntar muitos especialistas para avançar em algum ponto na ciência.

Por exemplo: um simpósio de Medicina, que reúne muitos cirurgiões plásticos, para testar uma nova técnica para melhorar as cicatrizes de cesáreas.

tema do simpósio é bastante específico e todas as pessoas pesquisadoras discutem sobre o assunto durante um único dia, para falarem suas impressões e opiniões. A ideia é que as pessoas interajam e troquem experiências.

Nessa ideia, pesquisadores da mesa de discussão também pode discutir e tirar dúvidas da plateia.

A proposta é que se apresente opiniões e considerações sobre o tema para construir uma ideia nova, mas não apresentar resultados finais de pesquisas que já finalizaram.

4. Painel

O painel é um tipo de evento que serve para apresentar resultados de uma pesquisa sobre um tema específico.

Como o próprio nome diz, a apresentação de resultados é no formato de um painel ou de um pôster, em que há uma preparação gráfica do trabalho.

Há também a apresentação de pesquisas sem material gráfico, em que especialistas debatem um assunto. Nesse caso, o público participa apenas como observador.

De maneira geral, costuma durar de 2 a 4 horas em apenas uma noite.

5. Fórum

A principal característica de um fórum é a participação ativa da plateia para debater de forma livre uma ideia.

É o tipo de evento para quem gosta de falar e para quem quer ouvir diferentes perspectivas sobre um mesmo assunto.

Um fórum tem um público mais abrangente e menos especialista. Por esse motivo, as discussões tomam rumos menos técnicos.

A ideia principal é focar na acessibilidade dos conteúdos, pensando de maneira democrática. Então, incentiva-se usar linguagem menos acadêmica e mais popular.

6. Colóquio

É importante saber que colóquio significa uma interação comunicativa. Ou seja: uma conversa ou um diálogo entre duas ou mais pessoas.

Então, um colóquio sempre vai significar eventos que têm como objetivo promover um espaço de conversas entre participantes.

Isso vai te ajudar a entender e delimitar o objetivo de um colóquio dentro do contexto científico e acadêmico.

Um colóquio acadêmico tem, portanto, a finalidade de promover um ambiente de conversas entre participantes sobre um tema científico específico. Outro objetivo pode ser tomar alguma decisão com auxílio de participantes.

7. Conferência

A conferência é uma reunião mais formal de pessoas que se interessam sobre o mesmo assunto, para discutir sobre um problema e apresentar hipóteses de solução.

No entanto, os debates das conferências acontecem de forma aberta, sem necessariamente buscar uma solução fechada para a questão. Apenas para visualizar caminhos possíveis em uma determinada área.

O grande diferencial desse tipo de evento é que as pessoas que já dominam o assunto, que já participam de projetos ou que atuam profissionalmente na área do tema central da conferência.

Ou seja: a conferência recebe um público bastante específico e especializado no tema.

É comum que exista uma pessoa para presidir a mesa, com o objetivo de moderar a discussão. A partir da conversa que palestrantes iniciam, o público pode formular perguntas por escrito para dirigir à mesa.

Diferente da mesa-redonda e do colóquio que o público tem direito de fazer as perguntas de maneira oral, nas conferências as perguntas são filtradas pela pessoa moderadora.

8. Mesa redonda

O próprio nome já nos dá uma ideia do que é uma mesa redonda, né?

De maneira geral, as mesas redondas servem para promover debates entre pessoas especializadas em um assunto comum.

Por exemplo, em uma mesa redonda de Pedagogia, podem participar professores, estudantes da graduação e da pós-graduação, pesquisadores e profissionais professoras.

Nas mesas redondas, o público também tem direito de fazer questionamentos e expor suas opiniões. Então, existe um momento específico em que abre-se o microfone para a plateia.

O objetivo geral das mesas redondas é ampliar conhecimentos científicos, discutir conceitos, criar novos direcionamentos para algumas ideias e permitir que as pessoas expressem suas opiniões.

No entanto, também existe a possibilidade de a mesa redonda ter a função de tomar alguma decisão sobre algum assunto específico. Então, as pessoas participantes têm a chance de escolher, de maneira democrática, o futuro de alguma questão.

É comum que as mesas redondas aconteçam dentro de outros eventos maiores. Quer dizer, a programação de de um simpósio ou de um congresso, por exemplo, pode compreender várias mesas redondas com temas diferentes.

9. Jornada acadêmica

As jornadas acadêmicas são eventos que acontecem dentro de instituições de ensino e que são organizados por pessoas da própria instituição, com o objetivo de aproximar alunos da graduação ao mercado de trabalho e à pesquisa científica.

Ou seja: é uma excelente alternativa para que os alunos se atualizem sobre as áreas profissionais quem podem seguir dentro daquele curso.

Por exemplo: uma jornada acadêmica do curso de Direito, pode servir para apresentar para os alunos a atuação profissional em novas áreas, como o Direito Digital.

Ou pode, por outro lado, trazer profissionais da área da advocacia particular, da magistratura, do Ministério Público, para que cada pessoa apresente sua rotina profissional.

Um outro exemplo é uma jornada acadêmica que se destina a fazer divulgação das pesquisas científicas, como uma forma de incentivar os alunos a se informarem sobre a carreira de pesquisadora.

Então, é um momento extracurricular muito importante para aproximar as teorias das salas de aulas com o mercado de trabalho e com a carreira acadêmica na prática.

10. Semana acadêmica

A semana acadêmica é um evento que acontece nas instituições de ensino, mas com um grande diferencial: a organização é toda feita pelo corpo discente.

É isso, estudantes formam uma comissão organizadora e preparam todas as etapas do evento.

De maneira geral, é um evento que compreende outros tipos de eventos menores, como um seminário, uma mesa redonda, um painel, algumas palestras, enfim, as atividades costumam ser bastante variadas.

A semana acadêmica conta, portanto, com a participação de professores e professoras e profissionais especialistas no mercado de trabalho para tratar sobre temas específicos.

11. Workshop

Um workshop é uma aula prática sobre algum assunto específico.

De maneira geral, existe alguém ensinando alguns conceitos teóricos básicos e guiando as atividades prática.

Contudo, o foco é realmente na parte prática do assunto.

12. Cursos

Os cursos compreendem exposições de pessoas especialistas, com formação, de maneira geral, acadêmica, para passar conhecimentos às pessoas participantes.

Em resumo, os cursos consistem em aulas de explicação sobre o assunto, para ensinar conceitos básicos, treinar prática ou “ensinar a fazer”.

Pode-se dizer que o objetivo desse evento é mais teórico do que prático. Mas nada impede que também tenham aulas mais práticas.

Os anúncios dos cursos trazem o nivelamento do assunto. Alguns cursos são para ensinamentos básicos, para quem tem nenhum ou pouco conhecimento sobre o tema.

Outros já dependem de um conhecimento prévio, porque tratam de níveis mais avançados.

Formatação automática de trabalhos para eventos acadêmicos nas normas da ABNT

Se você vai começar a escrever uma trabalho – seja um artigo, uma resenha, um resumo, um projeto de pesquisa – para apresentar em um evento não esqueça que você deve seguir a formatação das regras da ABNT.

Mas com isso você não precisa se preocupar. Nós podemos te ajudar. O Mettzer é um editor de textos que formata, de forma automática, todos os trabalhos acadêmicos nas normas da ABNT.

Apresentação Geral - Mettzer

Ou seja, toda formatação é feita de forma automática e você vai poder se dedicar só ao que realmente importa, que é o desenvolvimento da sua pesquisa.

Faça um teste gratuito por 7 dias e descubra como a tecnologia pode ajudar a fazer o seu trabalho 

O que é um evento acadêmico?

Os eventos acadêmicos servem para discutir, divulgar e compartilhar pesquisas e trabalhos mais recentes sobre uma área do conhecimento ou sobre um tema específico. Quem participa desses eventos são pessoas pesquisadoras, professoras, estudantes da graduação e da pós-graduação, outras pessoas do mundo acadêmico e até profissionais da área.

Quais são os tipos de eventos acadêmicos?

1. Congresso
2. Simpósio
3. Seminário
4. Painel acadêmico
5. Fórum
6. Colóquio
7. Conferência
8. Mesa redonda
9. Jornada acadêmica
10. Semana acadêmica
11. Workshop
12. Cursos

O que você achou disso?

Mande corações

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 4

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.