Eventos acadêmicos e científicos: qual é a importância e quais os tipos

|
Compartilhe esse post:
Tempo médio de leitura: 6 minutos
0
(0)

Eventos acadêmicos e científicos são ótimas oportunidades para encontrar outras pessoas interessadas em áreas afins das suas, trocar contatos, apresentar trabalhos e se atualizar.


O que são eventos acadêmicos?

Os eventos acadêmicos reúnem um grande número de pesquisadores, professores, alunos e outras pessoas da academia para divulgar, discutir e compartilhar seus trabalhos mais recentes sobre determinado tema.

Em muitas ocasiões, são nesses encontros que uma nova tecnologia faz sua primeira aparição.

A participação nos eventos acadêmicos não está, necessariamente, atrelada a uma necessidade de apresentar um trabalho ou à publicação em anais.

Por isso, você pode optar por participar como observador, mas isso não renderá um certificado com muita pontuação no currículo lattes, exceto em alguns tipos de encontro.

Existem vários tipos de encontros e eventos acadêmicos. Os principais são Congresso, Seminário, Simpósios, Fórum e Conferência.

Porque participar de eventos acadêmicos?

A importância de tomar parte em um evento acadêmico vem não somente da construção do currículo, mas também do networking e da oportunidade de conversar sobre as áreas.

Além disso, os eventos ajudam a direcionar sua carreira para uma especialidade, com setores mais especializados da sua área de estudo sem necessariamente fazer uma especialização.

Mas mesmo para quem fará uma especialização ou um mestrado, os certificados e a participação em eventos acadêmicos ajudam a destacar o estudante pelo perfil.

A melhor forma de ingressar nesse meio é através de uma Iniciação Científica, que dará ao estudante material para escrever artigos científicos e participar em eventos acadêmicos como mais do que um mero observador, oferecendo certificados que tem valor maior.

Tipos de eventos acadêmicos e científicos

1. Congresso acadêmico

O congresso é um dos tipos de eventos mais conhecidos.

No geral, seu objetivo é debater e extrair conclusões acerca de uma temática central. Então, o congresso é um tipo de reunião onde especialistas deliberam sobre questões de interesse comum ou apresentam estudos, novas descobertas.

Desta forma, ele é um evento formal, com certa periodicidade, tem alta complexidade e possui regulamento e regimento próprios.

Os congressos são formados por palestras, workshops e grupos de trabalho, além da apresentação de trabalhos e pôsteres relacionados ao assunto geral abordado.

Por esta razão, um congresso é promovido por entidades associativas e conta com a presença de profissionais e especialistas que têm interesse em comum e atuam em uma mesma área. Podendo ser regionais, nacionais e internacionais.

Ademais, um mesmo congresso, podem abarcar outras atividades, como: Mesas-redondas, conferências, simpósios, palestras, comissões, painéis, cursos, são algumas delas.

2. Seminário

O seminário é um evento oral, cuja presença de alguém mediando é fundamental. Ele é normalmente dividido em três fases: exposição, discussão e conclusão.

Neste sentido, costuma reunir estudantes em torno de tópico exposto, atrelado a pesquisas que estão sendo desenvolvidas por esses estudantes. O assunto central é debatido por dois ou mais expositores o que possibilita maior troca de experiências.

Ou seja, ele funciona como um debate, cujo objetivo é conhecer todos os aspectos e todas as variáveis de um assunto.

Diferentemente de um encontro, no seminário apenas se discute a situação, não se tomam decisões sobre ela.

Já, a diferença entre o seminário e a palestra é a abrangência do tema. Na palestra, o assunto discutido é visto somente por um ângulo e por um expositor.

Num seminário temos menos eventos paralelos acontecendo ao mesmo tempo, criando um senso de linha reta ao longo do tema. A discussão é menos bilateral, com mais apresentações de autoridades no assunto. Em geral, esse tipo de evento apresenta um certificado para os participantes que apenas assistem.

3. Encontro

Busca discutir o que está acontecendo naquele campo de atuação, destacando o que precisa ser melhorado, propondo soluções.

Tais temas servirão como base para uma mudança de atuação daquele campo específico.

Enquanto o congresso costuma ser mais abrangente, o encontro é mais centrado em uma única categoria profissional.

Além disso, para ampliar a rede de relacionamento, é importante incentivar o networking no seu evento!

4. Simpósio

Tende a ser uma reunião de iniciativa de determinada comunidade científica sobre um assunto específico para agregar resultados e considerações, promovendo avanço .

Assim, reúne pesquisadores que visam estudar e discutir um determinado tema a fim de chegar a maiores conclusões sobre ele. Por isso, também exige organização complexa.

Igualmente, um simpósio pode conter várias conferências e contar com diversas exposições paralelas. Esses expositores irão apresentar as pesquisas que estão desenvolvendo naquela área de estudo central do simpósio.

Ou seja, os simpósios são eventos acadêmicos onde existe um foco mais específico, como um problema a ser resolvido.

Embora não seja exigido dos painelistas que apresentem resultados concretos, sendo mais importante explicitar os rumos que a academia tem tomado ao estudar o assunto.

5. Painel

O painel é um tipo de evento que deriva da mesa-redonda.

Mas os especialistas, que geralmente são de grande renome, debatem o assunto e o público participa apenas como espectador.

Costuma durar de 2 a 4 horas em apenas uma noite.

6. Fórum

A principal característica do fórum é a participação da platéia, então objetiva debater livremente uma ideia.

É o tipo de evento para quem gosta de falar e quer ouvir diferentes perspectivas de um assunto.

Um fórum tem um público mais abrangente, e por isso mesmo a discussão toma rumos menos técnicos e mais focada em dar acessibilidade ao que é desenvolvido enquanto pesquisa. A linguagem menos acadêmica é incentivada.

7. Colóquio

Busca promover um espaço de conversação entre várias pessoas para se debater um assunto específico, selecionado e delimitado.

Por isso, normalmente, ocorrem apresentações de trabalhos acadêmicos.

Deste modo, podem ser apresentados de diversas maneiras: em forma de exposição, onde uma pessoa enfrenta o público, ou ainda na forma de mesa, onde todos debatem ao mesmo tempo.

8. Conferência

É um evento mais formal em que é comum existir um presidente de mesa, que atua como moderador, reunindo especialistas para debater um tema específico

A conferência costuma receber um público específico, que demonstra familiaridade com o assunto abordado, então, o público pode formular, por escrito, perguntas que serão dirigidas à mesa.

Diferentemente da mesa-redonda, em que o público tem direito a fala, neste caso, as perguntas costumam ser filtradas pelo moderador, que, por sua vez, tem que optar pelas mais relevantes.

Por fim, a conferência normalmente se foca mais nos nomes que se apresentarão do que na tecnologia a ser abordada, com perguntas após a apresentação.

9. Mesa-redonda

As mesas-redondas costumam integrar a programação de eventos maiores, como os congressos.

Então, esse tipo de evento tem por objetivo promover o debate e levantar questionamentos acerca de um tema.

Na mesa-redonda, a participação do público é bastante ativa. As pessoas são instigadas a defenderem pontos de vista e a fazerem perguntas aos especialistas. Então, a presença de alguém que coordene a ação é fundamental para a ordem do evento.

Além de apresentarem seu ponto de vista sobre o tema, eles costumam ter que lidar com um tempo-limite para a exposição.

Ademais, neste formato, busca-se fornecer à plateia uma visão global que estimule o raciocínio e crie consenso sobre o tema em discussão.

Também pode haver uma sessão de perguntas e respostas, de um participante para outro ou da plateia. Entretanto, é melhor que as perguntas sejam direcionadas, para os componentes da mesa.

10. Jornada acadêmica

São encontros de grupos profissionais mais próximos, de âmbito regional, que discutem, periodicamente, assuntos de interesse do grupo.

Desta forma, podem durar vários dias, em razão da complexidade e do tamanho do evento.

11. Semana acadêmica

Já, semana acadêmica tem por objetivo propiciar maior integração entre os participantes. Por isso, abarcam outras atividades como fóruns, painéis, minicursos, apresentações artísticas e visitas campo.

12. Workshop

Um workshop é uma aula prática que trata de assuntos específicos.

Por isso, tem alguém guiando o tema e as atividades.

Assim, no workshop os assuntos são abordados de maneira bem mais prática do que teórica.

13. Cursos

Compostos por exposições, cuja formação geralmente é acadêmica, que procuram passar seu conhecimento aos participantes.

De forma geral, consiste no detalhamento de determinado assunto ou conjunto de temas a fim de “treinar” ou “ensinar a fazer”.

O objetivo do evento é mais teórico do que prático, porém não invalida a prática. É indicado para pessoas que têm baixo ou nenhum conhecimento sobre o assunto.

Formatação automática de trabalhos para eventos acadêmicos

Muitos eventos destes oferecem a possibilidade de publicação de trabalhos em anais, seja artigos completos, resumos, resenha crítica, etc, além do compartilhamento de suas pesquisas científicas.

Para isso, será preciso produzir conhecimento, ou seja, trabalhos acadêmicos.

Para isso, conte com o Mettzer o editor que formata automaticamente qualquer trabalho dentro das normas ABNT

Faça um teste agora mesmo!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este post não tenha sido útil para você!

Vamos melhorar este post!

Diga-nos, como podemos melhorar este post?

Resumo
Artigo
Eventos acadêmicos e científicos: qual é a importância e quais os tipos
Descrição
Eventos acadêmicos são ótimas oportunidades para networking, apresentar trabalhos e se atualizar em assuntos de seu interesse. Confira o material!
Autor
Publicador
Mettzer

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.